Quais são os problemas do sistema reprodutor feminino?

Escrito por rae uddin | Traduzido por natalia peres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os problemas do sistema reprodutor feminino?
Os problemas que envolvem o sistema reprodutor feminino podem causar infertilidade em algumas mulheres (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

O sistema reprodutor feminino é um conjunto único de órgãos compostos do útero, trompas, ovários e vagina. Quando o esperma masculino fertiliza um óvulo produzido pelos ovários, o resto do sistema reprodutivo feminino trabalha em harmonia para proteger e apoiar o embrião recém-criado. Os problemas que envolvem o sistema reprodutor feminino podem ocorrer em algumas mulheres e devem ser discutidos com um médico para determinar o tratamento adequado.

Outras pessoas estão lendo

Endometriose

Se o tecido que normalmente reveste o útero (endométrio) cresce anormalmente fora do útero, a mulher pode ser diagnosticada com uma condição médica chamada endometriose. O endométrio pode crescer em outros órgãos do sistema reprodutor feminino e também pode afetar a bexiga ou intestino. Os sintomas da endometriose são dor intensa, náuseas, distensão abdominal, diarreia, constipação ou fadiga, especialmente durante a menstruação. Outros sintomas adicionais podem incluir sangramento vaginal anormal, dor durante ou após a relação sexual, dor lombar ou infertilidade. Embora a causa desta condição seja desconhecida, o tratamento envolve tipicamente analgésicos, tratamento hormonal ou cirurgia.

Miomas uterinos

Tumores anormais não cancerígenos que crescem dentro das células musculares do útero são chamados de miomas uterinos. Aproximadamente 20% das mulheres com menos de 50 anos irão desenvolver miomas, estima o centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC). Problemas causados ​​por miomas uterinos podem incluir sangramento menstrual pesado ou doloroso, micção frequente, dor lombar, dor durante a relação sexual ou problemas reprodutivos, como aborto ou infertilidade. As formas mais comuns de tratamento para miomas incluem analgésicos e cirurgia.

Falência ovariana prematura

Se seus ovários deixam de produzir ovos antes de você completar 40 anos de idade, você pode ser diagnosticada com falência ovariana prematura. Algumas mulheres com esta condição ainda podem ter ciclos menstruais irregulares, tornando este problema de ovário diferente da menopausa. Os sintomas de falência ovariana prematura incluem alterações de humor, ondas de calor, dificuldade de concentração, secura vaginal e diminuição da libido. Embora as mulheres nesta condição ainda possam engravidar, pode ser difícil conseguir. Se você tiver insuficiência prematura do ovário, seu médico pode recomendar uma terapia de reposição de estrogênio para ajudá-la a ter um ciclo menstrual regular.

Síndrome do ovário policístico

A síndrome dos ovários policísticos (SOP) ocorre quando os ovários produzem níveis elevados de um tipo específico de hormônio (andrógenos). O aumento dos níveis de hormônios andrógenos no organismo pode afetar negativamente o processo normal de ovulação e causar a formação de cistos cheios de líquido nos ovários. A SOP impede a libertação do ovo do ovário durante o ciclo menstrual, o que causa infertilidade em mulheres com esta condição. Outros sintomas da SOP incluem dor pélvica, acne, pele oleosa, perda de cabelo ou crescimento excessivo de pelos no corpo ou no rosto. Atualmente, não há cura para a SOP, mas a terapia hormonal pode ajudar a regular o ciclo menstrual ou limpar a sua pele.

Vulvovaginite

Se você desenvolver uma infecção ou inflamação excessiva dos tecidos da vagina ou vulva, você pode ser diagnosticada com uma condição comum chamada vulvovaginite. Esta condição tem inúmeras causas, incluindo a falta de higiene, bactérias, viroses, leveduras e doenças sexualmente transmissíveis. Os sintomas da vulvovaginite podem incluir coceira vaginal e inflamação, corrimento vaginal anormal, desconforto urinário ou odor vaginal desagradável. O tratamento desta condição envolve tipicamente o uso de medicamentos anti-fúngicos ou antibiótico (por via oral ou tópica).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível