on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Quais são os quatro eventos que tornaram a sociologia uma ciência social

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

A sociologia ou o estudo do desenvolvimento social, veio como uma consequência de um período conhecido como Iluminismo. Os filósofos, líderes religiosos e cientistas todos lutaram contra princípios morais que eram antes aceitos como verdade imutável. Com esses pensadores buscando entender o mundo e o lugar em que viviam, desenvolveram-se os princípios em que a sociologia se baseia.

A sociologia se tornou uma ciência social graças à eventos políticos e o trabalho dos teóricos sociais (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Era do Iluminismo

A era do Iluminismo foi um período no qual filósofos lutaram para desmistificar crenças sociais, morais e religiosas entendo-as como algo lógico, usando métodos científicos. Os filósofos dessa era construíram argumentos e provas sobre antigas crenças sociais e religiosas que eram antigamente aceitas como verdade. Essa abordagem a problemas morais e sociais afetou o processo de pensamento daqueles que desenvolviam princípios sociais e formais.

Loading...

A Revolução Americana

A Revolução Francesa foi diretamente influenciada pelo sucesso da guerra da revolução americana. Já que os colonos tiveram sucesso em livrar-se do governo britânico e em construir um governo, os franceses motivaram-se a buscar mudanças políticas e sociais em sua nação. Ao observar as forças políticas e sociais que atuaram na Revolução Francesa, Marx e Durkheim desenvolveram princípios pelos quais a sociologia se tornou uma teoria social cognitiva.

A Revolução Francesa

A Revolução Francesa foi um dos eventos mais significantes da história da Europa, mostrando o poder do indivíduo para derrubar ou transformar poderes políticos já enraizados. A monarquia francesa não estava mais preocupada em servir e cuidar de seus cidadãos, e a revolução foi o levante do povo que buscava uma forma diferente de governo. Observadores diligentes foram capazes de identificar princípios individuais que moldaram e deram forma à consciência social do povo francês.

A Revolução Industrial

A Revolução Industrial carregou passo-a-passo o processo da Era do Iluminismo e do processo científico, aplicando esse pensamento na produção de bens e serviços. Em todo o mundo, fábricas de cultura nacional foram transformadas em centros de produção, passando das fazendas individuais para grandes centros urbanos e fábricas de linha de montagem. A grande estrutura social foi moldada passo a passo em todas as áreas da vida, criando um sistema de pensamento e entendimento cultural da sociedade que estava pronto para aceitar a sociologia como uma área válida de estudo.

Marx, Durkheim e Weber

Karl Marx, Émile Durkheim e Max Weber fundiram a metodologia da investigação científica com os acontecimentos sociais das revoluções francesa e americana e desenvolveram assim, uma ciência social da sociologia. Marx discutiu a distribuição de poder e de riqueza entre o burguês rico e o proletariado operário, e como esse equilíbrio poderia ser alterado através de um sistema passo-a-passo. Durkheim também abordou o desenvolvimento de comportamentos sociais e descreveu a complexa estrutura de uma sociedade em termos da simples divisão de trabalho, os ricos empresários e donos de terra, chamada de solidariedade mecânica, e uma complexa divisão do trabalho, os trabalhadores pobres, estruturada pelo que ele chamou de solidariedade orgânica. Teorias sociológicas formais nasceram das filosofias desses homens.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...