Mais
×

Quais reinos são heterotróficos e autotróficos?

Atualizado em 19 julho, 2017

Dependendo de que sistema de classificação está sendo usado, os biólogos dividem a vida em cinco ou seis reinos. No sistema de cinco reinos, os procariontes contam como um único reino, e no de seis, eles são divididos entre bactérias e archaea. Os outros reinos são os animais, plantas, fungos e protistas. Desses, apenas os animais e os fungos são universalmente heterotróficos, ou seja, obtêm o carbono de fontes orgânicas. As plantas são sempre autotróficas, obtendo o carbono da atmosfera. Os outros reinos são divididos: algumas espécies são autotróficas, algumas são heterotróficas.

O leão é um dos membros do reino animal, que é um reino totalmente heterotrófico (Anup Shah/Digital Vision/Getty Images)

Definição de heterotrófico

A palavra heterotrófico vem do grego "heteros", que significa "outro" ou "diferente", e "trophe", que significa "nutrição". Os heterotróficos obtêm sua comida de fontes orgânicas no ambiente. Isso significa que comem ou absorvem fontes de carbono orgânico. Todos os animais e fungos são heterotróficos.

Definição de autotróficos

Um autotrófico é um organismo que cria sua própria comida ao gerar carbono. Em outras palavras, eles obtêm o carbono diretamente do dióxido de carbono, que usam para criar compostos orgânicos para usar em suas próprias células. Todas as plantas são autotróficas. Algumas bactérias, alguns archaea e alguns protistas também são autotróficos.

Tipos de heterotróficos

Os heterotróficos são divididos em duas categorias básicas: foto-heterotróficos e quimio-heterotróficos. Os primeiros ainda recebem o carbono de fontes orgânicas, mas recebem a energia da luz solar. Eles incluem certos tipos de bactérias verdes e roxas. Já os quimio-heterotróficos, também chamados de organotróficos, recebem tanto a energia quanto o carbono de fontes orgânicas. Os animais e os fungos entram nesta categoria.

Tipos de autotróficos

De forma semelhante, os autotróficos se dividem em fotoautotróficos e quimioautotróficos. Os primeiros, incluindo plantas e algas, realizam a fotossíntese usando a energia da luz para gerar carbono. Já os quimioautotróficos, que são principalmente bactérias e archaea vivendo em ambientes extremos, como perto de aberturas vulcânicas no fundo do mar, recebem a energia para gerar carbono de fontes inorgânicas, como sulfureto de hidrogênio ou amônia.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article