Quais riscos correm os biólogos marinhos?

Escrito por tim anderson | Traduzido por ricardo guardati
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais riscos correm os biólogos marinhos?
Entenda os riscos de trabalhar como biólogo marinho (Comstock/Comstock/Getty Images)

A biologia marinha é um campo de estudo que tem atraído muitas pessoas ao longo dos anos devido a seu fascínio inebriante. O estudo de organismos de água salgada, uma carreira em biologia marinha, significa explorar o mundo debaixo do oceano. No entanto, como qualquer outra carreira, a biologia marinha não é isenta de riscos, que vão desde perigos subaquáticos até acidentes de laboratório ou exposição à fauna marinha.

Outras pessoas estão lendo

Vida marinha

Embora ataques de peixes de grande porte, como tubarões, sejam raros, a vida marinha possui perigos. Certas criaturas, como águas-vivas ou arraias, são tóxicas para os seres humanos. Embora se aproximar com cuidado e saber como lidar com elas pode ajudar a evitar danos, acidentes podem acontecer. Assim como quando se trabalha com animais terrestres, há sempre algum tipo de perigo ao trabalhar com a natureza.

Clima

O clima pode ser uma preocupação para os biólogos marinhos, especialmente se você está em uma parte do mundo onde mudanças extremas podem ocorrer em um período curto de tempo. Furacões e tufões podem causar situações perigosas, como quando você está em um barco ou plataforma aquática. Saber como reagir a essas situações é fundamental para sua segurança no trabalho.

Locais remotos

Trabalhar como biólogo marinho significa que, às vezes, você pode ser convidado a assumir um contrato ou trabalhar para um empregador em uma parte remota do mundo. Nestes casos, as emergências médicas podem transformar-se em risco de vida, tais como quando se trabalha sobre uma plataforma no mar, num barco ou em algum tipo de veículo submersível e fica-se vários dias longe da terra, com acesso difícil a hospitais ou instalações médicas.

Riscos em mergulhos

Inúmeros riscos estão associados ao mergulho e, como um biólogo marinho, você poderia gastar uma parte significativa do seu tempo sob a água. Lesões subaquáticas, doenças de descompressão, embolias de gases arteriais e arritmias de pressão são condições que podem afetar mergulhadores. Por isso, se você está pensando em mergulhar durante sua carreira, precisa realizar um treinamento adequado para evitar lesões.

Riscos laboratoriais

Trabalhar em um laboratório significa se expor a produtos químicos perigosos, criaturas marinhas venenosas ou subprodutos. Certos produtos químicos podem reagir de maneiras catastróficas sob determinadas condições. O treinamento adequado em protocolo de laboratório pode ajudar a evitar exposição a substâncias nocivas, mas há sempre algum nível de risco.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível