Quais são os riscos da patologia forense?

Escrito por allison dodge | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os riscos da patologia forense?
Patologia forense é o estudo de cadáveres (Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Patologia forense é o estudo de cadáveres. Os funcionários nessa área normalmente são examinadores médicos ou assistentes de patologia que, em equipe, realizam autópsias para esclarecer como a pessoa morreu. Além de ser uma tarefa de revirar o estômago para algumas pessoas, também pode ser insegura, pois existem alguns riscos na patologia forense.

Outras pessoas estão lendo

Doença

Os patologistas forenses entram em contato com sangue e outros fluidos corporais diariamente, ao realizar autópsias em cadáveres. Mesmo após a morte, esses fluidos ainda podem conter algumas doenças que podem ser transmitidas à equipe de patologia forense que não estiver usando equipamento protetor ou praticando técnicas seguras durante a realização de seu trabalho.

Substâncias químicas

Os examinadores médicos e outros funcionários de patologia forense têm contato com perigosos produtos químicos em seu trabalho. O formaldeído é uma substância química forense a que os patologistas podem ser expostos, pois é usado na conservação de corpos humanos após a morte, sendo classificado como uma causa do câncer. Muitas descrições das tarefas dos examinadores médicos listam a exposição a substâncias químicas carcinogênicas como parte do risco e perigos da função.

Trauma

Os patologistas forenses geralmente são requisitados a realizar autópsias de vítimas mortas de maneira violenta ou traumática. Esses casos podem ser perturbadores, tanto para os profissionais novatos como para os experientes, causando estresse, se o patologista não encontrar uma saída para suas emoções e prática profissional. Quando o estresse avassala um indivíduo, pode se tornar perigoso, pois causa problemas de saúde física e mental.

Tribunal

Em casos criminais, um patologista forense muitas vezes é chamado a testemunhar sobre como a pessoa morreu. Isso pode ser intimidante para os examinadores médicos, especialmente os novatos na área. Alguns criminosos insultam ou ameaçam testemunhas, já que acham que o patologista é o responsável por serem colocados atrás das grades. Ainda que seja raro, é um possível risco para os examinadores médicos.

Recompensa

Apesar dos riscos existentes na patologia forense, muitos profissionais da área têm o conforto de ajudar as vítimas de crimes e os membros da família da pessoa querida falecida. Outros gostam do desafio apresentado pela patologia forense, que é determinar como foi a morte da pessoa. Ainda que a aparência física do corpo de um indivíduo possa indicar a causa específica da morte, nem sempre isso é fácil de determinar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível