Quais sãos os perigos da angioplastia?

Escrito por sumei fitzgerald | Traduzido por mariana silva gray
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais sãos os perigos da angioplastia?
Médicos usam corantes de contraste e raios-x para mapearem bloqueios e rotas para os cateteres (arterie di sabbia image by paologo from Fotolia.com)

Angioplastia é a dilatação de uma artéria com um balão. Um corante de contraste é injetada primeiramente para que o cirurgião possa guiar um cateter através das veias sanguíneas. A dilatação com balões é frequentemente usada para a colocação de stents, o posicionamento de um arame para ajudar a manter uma artéria aberta. A angioplastia é somente uma medida temporária e não uma cura para artérias bloqueadas. Com cada repetição da dilatação por balão, os riscos aumentam.

Outras pessoas estão lendo

Reações alérgicas

Você pode sentir uma reação alérgica ao ter uma artéria dilatada por um balão. Talvez seja alérgico ao corante, ao material do stent (se um for colocado) ou aos remédios usados para a anestesia ou os responsáveis pela prevenção de coágulos sanguíneos. O website de recursos RadiologyInfo.org, desenvolvido pela American College of Radiology e pela Radiology Society of North America, explica que o material de contraste usado para ajudar o cirurgião a identificar o bloqueio e guiar o cateter através de seus vasos pode causar falha nos rins. O Dr. Damien Mosquera, do website Vacular.co.nz, diz que reações alérgicas a esse corante não são comuns e normalmente ocorrem em pessoas com rins já danificados. Outras reações alérgicas à tintura incluem asma, mudanças nos batimentos cardíacos, pressão sanguínea baixa, coceiras na pele e vômito.

Quais sãos os perigos da angioplastia?
A grande quantidade de corante de contraste usada pode afetar o funcionamento dos rins (an X-ray of a chest image by alma_sacra from Fotolia.com)

Sangramento e coágulos sanguíneos

O Dr. Larry Weinrauch, da Harvard University, explica que sangramento ou coágulos podem ocorrer no local de inserção do cateter, dentro de um stent ou dentro dos vasos sanguíneos. Serão receitados diluentes de sangue para reduzir o risco de um coágulo sanguíneo, pois eles podem levar a um ataque cardíaco ou derrames. O Dr. Mosquera afirma que um falso aneurisma pode desenvolver-se no local de inserção na artéria. Esse caroço pulsante é um coágulo com sangue em seu interior que se desenvolve após o cateter ser removido e o sangue pulsa através do pequeno buraco deixado por ele. Isso é facilmente tratado com agentes anticoagulantes que bloqueiam o furo.

Quais sãos os perigos da angioplastia?
A formação de coágulos de sangue pode levar a um ataque cardíaco ou derrame (heart beat medical image by Nicemonkey from Fotolia.com)

Danos aos vasos sanguíneos

O website RadiologyInfo.org explica que o cateter pode machucar ou furar os vasos sanguíneos pelos quais ele passa. O Dr. Mosquera diz que isso é especialmente verdade se uma artéria estiver muito doente. O cateter pode também rasgar o revestimento do vaso sanguíneo.

Quais sãos os perigos da angioplastia?
O cateter pode rasgar o revestimento do vaso sanguíneo (virtual artery image by Yali Shi from Fotolia.com)

Infecção e recuperação

Qualquer procedimento que fura a pele corre o risco de infecção, explica o website RadiologyIndo.org, mas esse risco é menor com a dilatação por balão do que com a cirurgia de revascularização miocárdica. Não somente o custo da angioplastia é bem menor do que o da cirurgia, como também somente a anestesia local é necessária. Nenhum corte grande é feito e você pode retornar às suas atividades normais logo após a dilatação com balão.

Quais sãos os perigos da angioplastia?
Sempre há o risco de infecção (blood cells image by Marko Kovacevic from Fotolia.com)

Não é uma cura

Dr. Weinrauch e o website RadiologyInfo.org enfatizam que a dilatação por balão de uma artéria não é uma cura. Dieta e exercícios, controle de estresse e medicações são todos tratamentos para artérias bloqueadas que podem ter benefícios a longo prazo. A reestenose refere-se a um novo bloqueio da mesma artéria e a angioplastia deve ser repetida. A angioplastia ajuda apenas metade dos pacientes com hipertensão vascular renal por causa da arteriosclerose, diz RadiologyInfo.org. A dilatação de artérias por balões envolvidas em doenças arteriais periféricas não são tão bem-sucedidas quando muitos vasos sanguíneos estão estreito ou quando vasos muito pequenos estão envolvidos. Ainda não é claro o quão benéfica é a angioplastia da artéria carótida.

Um estudo recente feito pela Cleveland Clinic descobriu que, quando trata-se de pacientes de alto risco, aqueles com muitos vasos sanguíneos bloqueados e diabetes, pressão sanguínea alta ou problemas cardíacos, a cirurgia de revascularização miocárdica é muito mais benéfica do que a angioplastia. Pacientes de alto risco têm duas vezes mais chances de morrer após uma dilatação com balão ou colocação de stents do que aqueles que passaram pela cirurgia de revascularização miocárdica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível