Quais são os subsistemas organizacionais?

Escrito por sara higley | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Os subsistemas da gestão organizacional são representados pelos departamentos de uma empresa, que trabalham em conjunto para um objetivo comum: o bom desempenho de todas as operações. A estrutura, visão, estratégia e cultura de uma organização são exemplos de subsistemas. Isolados, têm sua própria estrutura e ideias, mas, quando combinados, transformam-se no núcleo da empresa. Cada organização é tão forte quanto seu elo mais fraco, portanto, todos têm de trabalhar em conjunto, partilhando da mesma missão e valores para fortalecer a organização como um todo.

Outras pessoas estão lendo

Visão

A visão de uma organização envolve sua missão e valores. Ela descreve o que a empresa é, qual é seu propósito e aonde ela quer chegar no futuro. A visão é um aspecto extremamente importante que deve ser adotado por todos os funcionários. Depois de ser claramente definida, todos deverão compartilhá-la e trabalhar em prol das metas coletivas estabelecidas.

Cultura

Esse aspecto descreve a atmosfera e o meio ambiente de uma organização. Ela inclui o comportamento, a atitude e a ética profissional das pessoas. A cultura deve ser baseada na aprendizagem, para que todos sempre sintam a necessidade de aprender coisas novas e de adotar as mudanças. Quando a visão é compartilhada, ela ajuda a construir uma cultura organizacional sólida da qual todos têm prazer de participar.

Estratégia

Os procedimentos e políticas de uma empresa ajudam a compor o conjunto de ações que ela executará para alcançar seus objetivos. Essa estratégia engloba contratar as pessoas certas e treiná-las para adotar a visão e a cultura da empresa, ensinando-lhes a maneira correta de fazer o seu trabalho. Treinar os funcionários desde o primeiro dia é importante para estabelecer os padrões e se certificar de que todos entendem o que é esperado deles.

Estrutura

A estrutura de uma organização é importante. Ela pode ser definida como um organograma administrativo, com níveis descendentes (de cima para baixo), nos quais o nível mais elevado é ocupado pelo diretor executivo ou presidente. É importante ter uma estrutura estabelecida desde o início, para que os funcionários saibam e entendam sua colocação dentro da organização, a quem eles devem se reportar e quem está no comando. Com todo esse sistema definido, é possível evitar as confusões que surgem quando as pessoas executam determinadas funções.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível