Quais são os tamanhos da mitocôndria?

Escrito por eric moll | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os tamanhos da mitocôndria?
As mitocôndrias são as organelas responsáveis pela respiração celular (Chad Baker/Photodisc/Getty Images)

As mitocôndrias são organelas celulares presentes na maioria das células eucarióticas, ou que possuem núcleo organizado. Elas geralmente são conhecidas como os "geradores da célula", já que elas são os locais onde ocorre a respiração celular, um processo que cria adenosina trifosfato ou ATP, a fonte primária de energia química no metabolismo celular. As mitocôndrias possuem DNA próprio, o que leva os cientistas a acreditarem que elas já foram uma vez seres unicelulares livres, com relações simbióticas com os eucariotos primários. Os tamanhos dessas organelas variam entre 0,5 a 10 micrômetros.

Outras pessoas estão lendo

Comparação de tamanho: 10 micrômetros

As maiores mitocôndrias possuem por volta de 10 micrômetros de diâmetro. Um micrômetro equivale a um milésimo de 1 mm, ou 1/1.000.000 de um metro. A maior mitocôndria tem mais ou menos 1/10 do tamanho do diâmetro de um fio de cabelo, que tem 99 micrômetros. Ela também tem o mesmo tamanho de uma única gotícula de água em uma névoa ou nuvem.

Tamanho de comparação: meio micrômetro

As menores mitocôndrias, que têm 0,5 micrômetros, têm o tamanho de comprimento de onda da luz azul. Elas são encontradas no mesmo tamanho que algumas bactérias, porém são maiores que as menores bactérias encontradas, que possuem 0,3 micrômetros de diâmetro. Vírus também podem ser muito menores, com 0,02 micrômetros de diâmetro. Até mesmo as menores mitocôndrias são extremamente maiores que um único átomo. O diâmetro dos menores átomos equivalem a 1/5.000 do diâmetro de uma mitocôndria pequena. Átomos grandes, como o ouro, ainda são 1/1.700 do tamanho da mitocôndria.

DNA mitocondrial

As mitocôndrias são organelas celulares peculiares, já que elas contêm código genético próprio. Cloroplastos, em células vegetais, também possuem DNA próprio. O DNA mitocondrial também é incomum pois seus cromossomos são circulares, que são mais parecidos com os cromossomos bacterianos que os do DNA humano. O DNA mitocondrial é uma cópia exata daquele encontrado nas mitocôndrias maternas, caso nenhuma mutação ocorra. Devido ao fato das taxas de mutações serem previsíveis, o DNA mitocondrial é especialmente valioso para o estudo dos antepassados e padrões da migração humana.

Origens: teoria endossimbiótica

A teoria endossimbiótica sugere que as mitocôndrias, bem como os cloroplastos e potencialmente outras organelas celulares, já foram uma vez seres bacterianos livres que se relacionavam simbioticamente com os eucariotos primitivos. Várias evidências sustentam essa teoria. Não só as mitocôndrias possuem DNA próprio, como também ele se assemelha muito ao DNA bacteriano, além de possuírem paredes celulares que são muito parecidas com aquelas encontradas nas bactérias. Além disso, as mitocôndrias compartilham muitas propriedades bioquímicas com as bactérias, como os tipos de enzimas que elas possuem. Além disso, essas organelas também se replicam através de fissão binária, da mesma maneira que as bactérias. Outro aspecto muito similar compartilhado tanto pelas organelas como pelas bactérias é o tamanho.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível