Quais são os tratamentos para a síndrome isquiotibial?

Escrito por adrianne loggins | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os tratamentos para a síndrome isquiotibial?
A síndrome isquiotibial é uma condição onde a dor é sentida ao redor das nádegas e das coxas (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

O Instituto Nacional de Saúde (NIH) define a síndrome isquiotibial como uma condição a qual a dor é sentida ao redor das nádegas e das coxas. O tratamento pode variar de terapia não cirúrgica à cirurgia.

Outras pessoas estão lendo

Proloterapia

Durante o tratamento de proloterapia, soluções de dextrose (água com açúcar) são injetadas na área afetada, causando inflamação. Como resultado da inflamação, o novo colágeno é criado e liberado em torno da lesão. Ao longo do tempo, o colágeno rodeia, aperta e segura que o músculo, ajudando-o a se curar (Ver referência 2).

Terapia neural

Este tratamento envolve a injeção de anestésicos locais nos gânglios autonômicos e nos nervos periféricos, a fim de relaxar os músculos e ajudar a curá-los, de acordo com o site Caring Medical.

Movimentos e exercícios

Usar o músculo o ajuda a curar, de acordo com o site Caring Medical. Exercícios e outros tipos de movimento podem aumentar consideravelmente a cura e a força dos ligamentos e dos tendões.

Massagem

Massagear o músculo afetado relaxa a área e alivia a dor que a síndrome do tendão produz, de acordo com o site Caring Medical.

Cirurgia

Se o tratamento não cirúrgico não funciona, a cirurgia pode ser considerada para cortar o nervo ciático (o nervo principal na perna) a partir dos tendões. Pelo menos seis meses de tratamento não cirúrgico é recomendado antes de considerar a cirurgia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível