Quais traumatismos cranianos são causados por acidentes frontais de carro

Escrito por jim orrill | Traduzido por vanessa santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais traumatismos cranianos são causados por acidentes frontais de carro
Cintos de segurança e airbags são as melhores proteções em um acidente frontal de carro (Coche accidentado image by quicolopez from Fotolia.com)

O impacto e estilhaços resultantes de um acidente frontal de carro podem causar uma variedade de traumatismos cranianos, variando desde dilacerações faciais e fraturas até lesões cerebrais fatais. Cintos de segurança e airbags são as melhores proteções contra esses danos em uma colisão.

Outras pessoas estão lendo

Concussão

Uma concussão é um traumatismo craniano que pode prejudicar a memória, julgamento, coordenação e fala da vítima. Sintomas severos, que requerem atenção médica imediata, incluem convulsões e caducidade até o coma. Uma colisão frontal que causa uma concussão pode também causar danos à medula, por isso, os socorristas devem mover uma vítima de concussão com extremo cuidado. Um médico pode fazer uma tomografia computadorizada, eletroencefalografia ou imagens de ressonância magnética para determinar se um paciente sofreu uma concussão. Para pacientes com concussões leves são prescritos repouso e acetaminofeno caso haja dores de cabeça residuais, enquanto pacientes com casos mais severos devem ser hospitalizados.

Trauma facial

A Universidade de Wisconsin relatou que aproximadamente 70% dos acidentes de carro resultam em danos faciais, e em média 60 a 70% desses danos envolvem lesão óssea orbital. A Universidade da Califórnia indicou que acidentes automobilísticos geralmente resultam em lesões nos tecidos moles. Ferimentos abertos devem ser limpos e suturas podem ser necessárias para controlar a hemorragia. Se a face da vítima ficar desfigurada, um cirurgião plástico pode ser capaz de reparar o dano realizando uma cirurgia reconstrutiva.

Fratura craniana

O impacto na cabeça decorrente de um acidente de carro pode causar fratura no crânio, que pode causar dano neurológico direto devido a fragmentos cranianos que penetram no cérebro, ou danos indiretos por provocar formação de um coágulo abaixo do crânio. Vítimas de fraturas cranianas podem ter líquido transparente ou com sangue fluindo pelas orelhas ou nariz, fala enrolada, náusea e convulsões. Socorristas devem estabilizar a cabeça e pescoço da vítima antes que ela possa ser movida com segurança. Os tipos de fraturas cranianas incluem fraturas lineares em que o crânio é rachado, e no entanto fica intacto, e fraturas cranianas depressoras, em que fragmentos do crânio são conduzidos ao interior do cérebro.

Hemorragia subaracnoide

A hemorragia subaracnoide é caracterizada por sangramento entre o cérebro e a camada de membrana que o reveste. O jornal The New York Times relatou que essas lesões são mais frequentemente causadas em pessoas jovens e por acidentes automobilísticos. As vítimas passam por dores de cabeça repentinas e severas que são mais intensas na parte traseira da cabeça. Podem ficar inconscientes imediatamente ou no prazo de várias horas a partir do momento em que a dor se inicia. O tratamento para a hemorragia subaracnoide devido ao trauma é uma cirurgia para drenar o sangue que fica colocando pressão sobre o cérebro. O The Merck Online Medical Library indicou que o dano neurológico permanente é comum mesmo após a cirurgia ter sido bem sucedida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível