Quais são as três partes de uma articulação?

Escrito por daniel francis | Traduzido por débora faggioni
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as três partes de uma articulação?
Os dedos são conhecidos cientificamente como falanges (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Cada um dos quatro dedos de uma mão humana tem três articulações. A mão contém 27 ossos, oito desses no pulso. Os ossos do metacarpo, que compõem a palma da mão, incluem cinco ossos. Os cinco dedos e o polegar respondem pelos 14 ossos restantes. As articulações dos dedos têm nomes distintos. A mão se liga ao braço pela articulação do pulso ou do carpo.

Outras pessoas estão lendo

Articulação carpometacarpiana

Cada dedo se liga à palma da mão ou ao metacarpo pela sua articulação carpometacarpiana ou junta do dedo, que permite que os dedos se dobrem. As juntas ou articulações CMC são numeradas para os dedos. A numeração começa com o primeiro dedo próximo ao polegar. Este dedo se liga à mão pela primeira articulação CMC. A quarta articulação CMC liga o quarto dedo ou mindinho. A CMC do polegar é diferente da CMC dos quatro dedos.

Articulações interfalangeanas

Os dedos são falanges. As falanges têm três seções: a falange proximal, a falange média ou intermediária e a falange distal. A falange proximal (primeiro segmento do dedo) se conecta à mão pela articulação CMC. Na parte superior da falange proximal fica a articulação interfalangeana proximal. Esta articulação liga o osso da falange proximal ao osso da falange média. Cada uma dessas articulações recebe o nome de acordo com o número do dedo. Por exemplo, o primeiro dedo ao lado do polegar tem a primeira articulação interfalangeana proximal. O segundo dedo da mão tem a segunda articulação interfalangeana proximal e assim por diante.

Falange média

O segmento médio do dedo é chamado de falange média. Cada falange média é oficialmente chamada pelo número do dedo, de um a quatro. A falange média tem duas articulações sobre ela. Na base ou extremidade inferior fica a articulação interfalangeana proximal. Na parte superior da falange média fica a articulação interfalangeana distal. A articulação interfalangeana distal liga a parte superior da falange média à falange distal.

Distal e proximal

As articulações interfalangeanas proximal e distal têm um modelo semelhante. As articulações distais são menores do que as proximais mas funcionam da mesma maneira. Os tendões, ligamentos e neurônios ligados às articulações dos dedos se conectam em um elaborado sistema que passa da mão e do punho para os braços. O movimento dessas articulações se dá pelo comando do corpo dos músculos, tendões e ligamentos. As articulações são designadas para se moverem exclusivamente sob o comando da musculatura da mão.

Semehanças e diferenças

As articulações interfalangeanas e metacarpianas são ambas capazes de flexão e extensão. Flexão é dobrar-se, o que permite que você vire seus dedos para baixo e para fora da palma para pegar algo. Extensão é manter os dedos retos em relação à palma da mão. Além disso, as articulações metacarpianas permitem um outro movimento que as articulações interfalangeanas não possibilitam. As articulações CMC permitem a abdução e a adução. Abdução é quando os dedos se abrem separando-se. Adução é o fechamento dos dedos, todos juntos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível