Quem eram os Quakers e com quais colônias norte-americanas eles eram associados?

Escrito por christopher harrison | Traduzido por laila teixeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quem eram os Quakers e com quais colônias norte-americanas eles eram associados?
William Penn fundou a província Quaker (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Os Quakers eram bastante avançados para o seu tempo. Muitas de suas crenças relacionadas à igualdade foram implementadas na sociedade na qual hoje vivemos. Os Quakers apoiavam o direito de voto das mulheres e eram inflexíveis em sua opinião contra a escravidão. De forma geral, eles acreditavam na compaixão, na empatia e na compreensão, guiados por sua interpretação do cristianismo.

Outras pessoas estão lendo

Crenças

A palavra "Quakers" é um termo geral para "amigos", ou membros da Religious Society of Friends. Eles são pacifistas ou, em suas próprias palavras, "Crianças da luz". Eles buscam a resolução de conflitos através de meios humanos e não pela violência. Suas fortes crenças sociais vêm da aceitação de todas as pessoas, independentemente de sua raça, gênero ou status. Sendo cristãos, os Quakers acreditavam que todos eram iguais perante Deus, e que todos deveriam ter uma ligação pessoal com Ele.

Quakers na europa

George Fox fundou a Religious Society of Friends na Inglaterra, por volta de 1662, após ter viajado por nove anos em busca de uma religião apropriada às suas crenças pessoais e não ter encontrado nenhuma. Em 1690, um ano antes da morte de Fox, o número de amigos da sociedade chegava a 60.000 membros somente na Grã-Bretanha. O estilo dos Quakers se desenvolveu durante essa época. Em geral, suas roupas e diálogos eram simples, complementando a natureza gentil de sua filosofia. Eles acreditavam que essa simplicidade era representativa de sua honestidade. Os Quakers também se diferenciaram na Europa por seus pregadores serem quase que exclusivamente do sexo feminino.

Leste e oeste de Nova Jersey

O oeste de Nova Jersey passou à tutela dos Quakers em 1675, e o mesmo ocorreu com o leste da província cinco anos mais tarde. Os Quakers eram um movimento religioso novo naquela época e estavam enfrentando dificuldades para encontrar uma área para montar suas comunidade. Ironicamente, dois Quakers, John Fenwick e Edward Bylinge, compraram o oeste e o leste de Nova Jersey em 1673 do Lord Berkely, por apenas £1,000. Obviamente, a região tornou-se o refúgio dos Quakers. Uma má administração fez com que Fenwick e Bylinge tivessem que devolver a terra a seus credores. William Penn foi nomeado curador de ambas as partes de Nova Jersey. Ele ajudou a delinear as primeiras ideias dos Quakers sobre política e sociedade.

Pensilvânia

A colônia da Pensilvânia foi fundada por William Penn, como seu próprio nome diz. O leste e oeste de Nova Jersey foram unidos à Pensilvânia através de um ato de naturalização em 7 de dezembro de 1682. Com o objetivo de garantir a liberdade de consciência, o código humanitário da Pensilvânia foi criado. Juntas, as colônias Quakers recebiam a alcunha de Província Quaker. A economia da Pensilvânia era formada por comércio, transporte, manufatura e, principalmente, agricultura. Com uma cultura bastante diversa para a época, a Filadélfia, cidade da Pensilvânia, era chamada de Atenas Norte-Americana.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível