Qualidades pessoais necessárias para ser um advogado

Escrito por jorge pena | Traduzido por ricardo guardati
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qualidades pessoais necessárias para ser um advogado
Advogados possuem muito prestígio (Justice image by MVit from Fotolia.com)

Muitas pessoas aspiram a se tornarem advogados. Além do óbvio desejo de ganhar dinheiro, há muito prestígio associado à profissão. Além de ser relativamente caro pagar a mensalidade da faculdade de direito e passar no exame da OAB, há também certas qualidades pessoais que um advogado deve possuir.

Outras pessoas estão lendo

Mente aberta

Um advogado deve ter a mente aberta e flexível na forma de conduzir a si próprio; ele deve estar disposto a admitir erros e corrigi-los. Isso não implica que seja obrigado a alterar suas opiniões políticas e religiosas ou sacrificar seus princípios. Mas exige que, no curso de seu trabalho como advogado, ele mantenha a flexibilidade e se desvie de sua rotina para melhor atender seu cliente.

Ético

Um advogado deve ser ético. Normalmente, quando uma pessoa procura a licença para se tornar advogado, é exigido do candidato preencher um formulário de caráter moral. Neste formulário, o candidato deve revelar se já esteve preso ou se teve quaisquer problemas com drogas ou outras substâncias, bem como suas referências pessoais. Embora uma condenação penal ou liberdade condicional não exclua necessariamente um bom caráter moral, certamente não ajuda, e pode demonstrar um caráter antiético. Além disso, quando um advogado já possui a licença, ele deve manter seus padrões éticos ao representar seu cliente. Isso pode significar dar conselhos que o cliente não gostaria de ouvir ou encerrar sua representação quando ela o levaria a cometer um crime ou fraude.

Lógico

Um advogado deve ser lógico. Um candidato à obter a licença de advogado deve obter uma pontuação aceitável na prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). O exame avalia a lógica básica, como o pensamento crítico e raciocínio. Uma vez que um aluno conclui a faculdade de direito, ele deve fazer o exame; que testa sua capacidade de aplicar a lei aos fatos de uma forma razoável.

Inteligente

Um advogado deve ser inteligente. Normalmente ele deve completar pelo menos cinco anos de ensino superior de graduação em direito. Deve ser capaz de passar em vários exames de admissão (o da OAB, por exemplo) e de se comunicar de forma eficaz por escrito.

Persistente

Um advogado deve ser persistente. Um processo de litígio, muitas vezes leva tempo: pode durar anos, e em casos criminais, a questão poderia se arrastar ainda mais até que uma solução final seja encontrada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível