Com quanta antecedência um empregador deve avisar mudanças nos horários?

Escrito por mary tucker-mclaughlin | Traduzido por a. araújo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Com quanta antecedência um empregador deve avisar mudanças nos horários?
Trabalhadores autônomos têm poucos direitos em relação aos horários de trabalho (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Trabalhadores autônomos, nos Estados Unidos, podem ter poucos ou nenhum direito com relação à mudança de horários por parte dos empregadores. Os colaboradores que fazem parte de um sindicato ou que estão sob contrato podem ter mais direitos, dependendo de como seu contrato foi redigido. Horas extras, redução de horários e mudanças de turnos são ocorrências comuns nos negócios de muitas organizações.

Outras pessoas estão lendo

Comunicação

A comunicação entre empregados e empregadores é fundamental para manter o bom ambiente de trabalho. Mudanças constantes nos horários dos empregados com pouco ou nenhum aviso são não apenas frustrantes, como também causam problemas em suas vidas pessoais. Empregados com filhos são especialmente afetados por mudanças de horários pois, por exemplo, poderão depender de babás. Para recrutar e manter funcionários produtivos, os empregadores devem se empenhar em evitar mudanças nos horários ou, caso sejam absolutamente necessárias, avisá-los assim que possível.

Mudanças de turnos

Mudanças temporárias ou permanentes de turnos são frequentes em muitas áreas, como a jornalistica, de saúde ou industrial. Em diversos países, empregados autônomos geralmente estão à mercê de seus contratantes durante essas mudanças; quando houver contratos, podem ser feitas cláusulas que exijam notificação prévia ou remuneração adicional por turnos incomuns ou adicionais. De acordo com o Fair Labor Standards Act, estatuto trabalhista americano, empregadores podem modificar os horários de trabalho e reduzir horas de seus funcionários autônomos sem aviso prévio e sem penalidades.

Afastamento sem remuneração

Nos Estados Unidos, cortes de custos e enxugamentos no quadro de funcionários aumentam a incidência de afastamentos para assalariados, tanto no setor público quanto no privado. Embora as empresas possam ter políticas a respeito da notificação de licenças, o governo dos Estados Unidos oferece muitas exceções para o uso tanto em empresas privadas quanto públicas quando precisam afastar funcionários em emergências. No caso de afastamentos, para economizar dinheiro, a maioria das organizações avisa com 30 dias de antecedência.

Considerações

O Fair Labor Standards Act não exige que os empregadores avisem previamente a respeito de mudanças de horários. Organizações que mudam os horários de seus empregados regularmente sem aviso prévio estão sujeitas a alta rotatividade, o que pode custar até 50% do salário referente a esse empregado. Rotatividade constante é um gasto desnecessário e que pode prejudicar a motivação dos empregados. Mudanças frequentes de horários podem ser prevenidas através de planejamento adequado e comunicação efetiva -- gerentes devem conversar com seus empregados sobre quais turnos são mais adequados. Colocar um trabalhador em um turno apropriado pode ser a diferença entre manter e perder um funcionário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível