As quatro classes principais de macromoléculas

Escrito por sarah quinlan | Traduzido por matheus santos silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As quatro classes principais de macromoléculas
Todas as coisas vivas são feitas de quatro classes de macromoléculas (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Todas as coisas vivas são feitas de moléculas. Na biologia, existem quatro classes principais de grandes moléculas chamadas macromoléculas que são usadas nos nossos corpos. Essas macromoléculas são consideradas polímeros, ou grandes cadeias de blocos de construção chamados monômeros, que são quimicamente construídos por nossas células para usar como comida e energia. Essas macromoléculas são carboidratos, proteínas, lipídios e ácidos nucleicos. Cada classe de macromolécula é composta de diferentes subunidades de monômeros, mas todas contêm os átomos de carbono, nitrogênio, hidrogênio e oxigênio.

Carboidratos

Os carboidratos são compostos orgânicos que incluem açucares, amidos, glicogênio e celulose. A forma mais simples de carboidrato é um monômero de molécula de açúcar como glicose ou frutose, também chamada de monossacarídeo, que é feito de um anel elementos de carbono, oxigênio e hidrogênio. Os dissacarídeos como a sacarose são açucares feitos e dois monossacarídeos: uma molécula de glicose e uma de frutose unidas. Os polissacarídeos como amido, celulose e glicogênio são cadeias longas e complexas de monossacarídeos construídas juntas. Nos nossos corpos, açucares simples são usados como energia imediata e a maioria dos polissacarídeos é lentamente quebrada em açucares simples para dar uma fonte estável de energia ao longo do tempo. A celulose não é usada para energia, mais para suporte estrutural das paredes celulares de plantas.

Lipídios

Os lipídios são biomoléculas que incluem gorduras, óleos, fosfolipídios e esteroides. Eles possuem diferentes estruturas, mas todos são grandes moléculas feitas de cadeias dos elementos não polares carbono e hidrogênio, tornando-os hidrofóbicos, ou incompatíveis com água. As gorduras e óleos são chamados triglicerídeos, que são feitos de monômeros chamados de ácidos graxos e glicerina. Os triglicerídeos variam em forma e comprimento baseado no tipo e numero de ligações de carbono e hidrogênio. Essas variações determinam se a gordura é saturada, insaturada ou poliinsaturada. Os fosfolipídios são muito similares aos triglicerídeos, exceto que eles contêm um grupo de fosfato. Nos nossos corpos, triglicerídeos agem como armazenamento de energia, e os fosfolipídios são usados na formação de membrana celular.

Proteínas

As proteínas são um grupo de moléculas muito grande, complexo e diverso. As proteínas são polímeros feitos de cadeias de monômeros chamadas de aminoácidos que são dobradas em diferentes estruturas. Existem 20 aminoácidos diferentes, que são estruturas formadas pelos grupos químicos amina e carboxila, assim como uma das 20 regiões variáveis chamadas de grupo R ou uma estrutura de cadeia lateral. Existem quatro níveis de estrutura de proteínas: primária, secundária, terciária e quaternária, cada nível aumentando em complexidade do dobramento e ligação entre as cadeias de aminoácidos. A forma dobrada final dos polímeros é o que determina a função da proteína no corpo. Algumas funções de proteínas incluem enzimas, anticorpos, receptores hormonais, neurotransmissores, cabelo, unhas e estrutura muscular, metabolismo, movimento e mais.

Ácidos nucleicos

Os ácidos nucleicos são moléculas que incluem o ácido desoxirribonucleico (DNA) e o ácido ribonucleico (RNA). Os ácidos nucleicos são feitos de cadeias de monômeros chamados nucleotídeos, que são estruturas químicas que incluem um anel de açúcar de carbono 5, um grupo de fosfatos e uma das quatro bases que contêm nitrogênio: adenina (A), guanina (G), citosina (C) ou timidina (T). No RNA, a timidina é substituída com uracila (U). O DNA é feito de duas longas cadeias desses monômeros em ordens diferentes, em uma hélice dupla ou formação torcida. O RNA se difere do DNA por possuir apenas uma faixa e contém uma molécula de açúcar de ribose no lugar de um de desoxirribose. O DNA fornece as instruções genéticas ou os diagramas de todas as atividades celulares no corpo. O DNA é transcrito em RNA que por sua vez faz proteínas.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível