Raízes de cabelos secos

Escrito por kay jenkins | Traduzido por debora cristina
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Raízes de cabelos secos
Chegando à raiz do problema (nice hair image by DXfoto.com from Fotolia.com)

Raízes do cabelo ressecadas, ou couro cabeludo seco, muitas vezes têm causas internas que podem ficar sem tratamento. Os portadores tendem a se concentrar em tratamentos capilares externos, tais como condicionadores e séruns de proteção para selar a umidade, enquanto as raízes permanecem secas e quebradiças. Desconhecido por muitos, o problema não é externo, mas interno. Aprenda a combater o ressecamento das raízes e do couro cabeludo de dentro para fora.

Outras pessoas estão lendo

Causas externas

Existem muitas causas para o cabelo seco, que podem ser facilmente resolvidas com a interrupção do uso de um determinado produto, aparelho ou prática. Excesso de exposição ao sol e ao calor direto de chapinha, babyliss e secadores de cabelo, bem como o uso constante de produtos químicos (tinturas, permanentes, relaxantes, xampus), são todos ameaças perpétuas para o cabelo saudável, causando não só o ressecamento do cabelo, mas das raízes e do couro cabeludo também. Álcool e sulfato são ingredientes tipicamente encontrados em produtos para os cabelos e ambos são extremamente prejudiciais para o couro cabeludo e para os fios (tirando os óleos naturais do fio de cabelo), e devem ser substituídos por produtos mais leves.

Causas internas

O cabelo dos seres humanos cresce em média 1 centímetro por mês, ou 12 centímetros por ano. Quando se experimenta "raízes secas", o problema atinge exclusivamente o cabelo mais próximo do couro cabeludo (o que está nascendo), e não o comprimento do cabelo em si. A este respeito, doenças dermatológicas tão simples como a caspa, ou tão complexas como dermatite seborreica, podem ser consideradas causas. Outras doenças como eczema, psoríase capitis, tínea, e até mesmo sarna, também causam o ressecamento constante das raízes e do couro cabeludo (com ou sem prurido). Se suspeitar destas doenças, consulte um dermatologista. Nutrição é outra possível causa interna de ressecamento das raízes e do couro cabeludo. Desnutrição e deficiências de vitamina são causas prevalentes de cabelos secos. As vitaminas A, complexo B, e D são essenciais para o cabelo. A falta de "bons" óleos no corpo e desidratação também contribuem para a secura do couro cabeludo.

Óleos naturais

Externamente, a aplicação de óleos naturais, como alecrim, sálvia, jojoba, Melaleuca, menta e eucalipto têm se mostrado ótima para estimular o couro cabeludo, nutrindo, assim, a raiz do cabelo, de acordo com o OrganicFacts.net. Destaca-se também o uso interno de óleos para a promoção de um cabelo e pele saudável. A ingestão regular de doses moderadas de óleos de gordura boa, como óleos de fígado de bacalhau e sementes de linho e óleos de vitamina E faz maravilhas para o cabelo, pele e articulações, diz OrganicFacts.net. Óleos de oliva e de coco (em seu estado bruto ou virginal) também são ingredientes importantes a serem incorporados a sua dieta e rotina de cuidados com o cabelo na guerra contra as raízes secas. A maionese é um bom condicionador profundo para o couro cabeludo e os cabelos.

Tratamentos sem receita médica

Há uma infinidade de produtos sem receita para o ressecamento do cabelo e couro cabeludo em geral. Pesquise tanto ingredientes ativos quanto inativos antes de comprar para evitar produtos químicos, que só perpetuam o problema do ressecamento.

Tratamentos com prescrição

Como sugerido por um dermatologista, os seguintes tratamentos podem ser prescritos para tratar o couro cabeludo seco: ácidos salicílico e ácido láctico e/ou calcipotriene. Além disso, antes da aplicação da medicação prescrita, uma raspagem suave do couro cabeludo (para a remoção da placa) pode ser realizada para uma melhor absorção dos cremes tópicos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível