Razões para o cansaço após um AVC

Escrito por jisel perilla | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Razões para o cansaço após um AVC
Muitas pessoas relatam que se sentem cansadas ​​anos após um acidente vascular cerebral (Image by Flickr.com, courtesy of lost in translation) (Gordana Adamovic-Mladenovic)

De acordo com o National Stroke Association dos EUA, cerca de 30 a 70% dos sobreviventes de um acidente vascular cerebral queixam-se de cansaço excessivo após um ataque. Essas pessoas devem se lembrar que o cansaço é um efeito colateral normal de um acidente vascular cerebral, já que os sobreviventes passaram por um evento traumático e muitas vezes devem reaprender a fazer tarefas simples.

Outras pessoas estão lendo

Informações preliminares

O cansaço após um acidente vascular cerebral pode ser devido a problemas médicos subjacentes, como doenças cardíacas, dores musculares ou paralisia, infecção, má nutrição devido à perda de apetite ou dificuldade para engolir, dor crônica, pouco tempo de sono ou devido à reação a um determinado medicamento.

Considerações

Depois de um acidente vascular cerebral, muitos sobreviventes devem reaprender a realizar suas tarefas diárias devido à paralisia parcial, perda da fala ou perda geral de mobilidade. O que isso significa é que essas pessoas gastam muito mais energia completando suas tarefas do dia a dia do que gastavam antes do derrame, e muitos precisam reaprender a vestir-se, comer, falar e até mesmo engolir, deixando pouca energia para qualquer outra coisa.

Teorias e especulação

Alguns sobreviventes podem ficar excessivamente cansados devido à depressão ou frustração.

A pessoa pode se sentir desamparada, triste e irritada com seu novo estilo de vida após o derrame, já que está reaprendendo as atividades cotidianas e deve adaptar-se a fazer tudo de maneira diferente. O bem estar emocional e mental de uma pessoa pode ser fundamental nos níveis de energia e tempo de recuperação.

Prevenção e solução

Talvez a coisa mais importante que os sobreviventes de AVC podem fazer para aumentar a energia é trabalhar com um fisioterapeuta que possa ensinar maneiras novas e mais eficientes de fazer as coisas. Esse profissional pode oferecer dicas para a conservação de energia e mostrar exercícios diferentes para construir gradualmente a força e a resistência.

Também é importante conversar com um médico e perguntar se um dos medicamentos poderia estar causando cansaço excessivo. O médico também será capaz de determinar se há uma condição médica subjacente que esteja sugando sua energia e fazendo com que a pessoa se sinta cansada. Ele pode ajudar a determinar se ela está recebendo alimentação e sono adequado, e pode dar dicas para melhorar nesses aspectos.

Outras considerações

Melhorar a saúde emocional e mental pode aumentar significativamente o nível de energia. É importante relaxar quando possível e tirar alguns cochilos curtos por dia para reduzir a frustração. Estabeleça prioridades e planeje o seu dia na noite anterior para que você saiba exatamente o que deseja realizar no dia seguinte. Lembre-se que o seu corpo passou por grandes traumas, por isso, não fique frustrado se não puder fazer tanto quanto costumava ser capaz.

É aconselhável juntar-se a um grupo de apoio a sobreviventes de acidente vascular cerebral, já que outras pessoas que passaram pela mesma experiência podem ser capazes de lhe dar dicas para reduzir a fadiga e aumentar o seu nível de energia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível