Razões para um cão ficar com os lábios inchados

Escrito por patricia coldiron | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Razões para um cão ficar com os lábios inchados
Um cão mordendo a área facial do outro (dogs are fighting image by Ivonne Wierink from Fotolia.com)

Um cão pode ter os lábios inchados por várias razões, tais como ferimentos ou reações alérgicas. Algumas causas do inchaço nos lábios podem ser tratadas em casa com medicação, mas quando as razões não são claras um veterinário pode dar um diagnóstico mais preciso.

Outras pessoas estão lendo

Febre maculosa

Causada pela bactéria Rickettsia ricketsii, a febre maculosa pode ser transmitida por meio de picadas de carrapatos. Uma febre alta é geralmente o primeiro sintoma e ocorre de quatro a cinco dias após a picada do carrapato. Manchas de sangue podem se formar nos lábios, gengivas e áreas da pele onde não há pelos. O inchaço afeta as pernas, os lábios, as orelhas e a pele que cobre o pênis. Em estágios mais avançados da doença ou durante a recuperação, ferimentos na perna podem ficar tão severos que podem ocorrer descamações da pele.

Picadas de insetos

Uma única picada de abelha ou vespa geralmente não é um problema sério, mas se um cão for picado no nariz, na boca ou na cabeça, é necessário observar com mais cuidado para ter certeza de que os lábios inchados não vão interferir na respiração ou na hora de engolir. Picadas que incham muito depois de apenas alguns minutos devem ser vistas imediatamente por um veterinário. Muitas picadas por um enxame de abelhas ou vespas podem causar muito mais danos e até colocar a vida do cão em risco. O dono deve afastar o cão o máximo possível do enxame de abelhas, pegando-o e correndo para o abrigo mais próximo, para procurar por atenção médica imediata.

Melanoma maligno

O melanoma é um tipo de câncer no qual os melanócitos, que produzem as células de pigmentação da pele, se multiplicam de forma irregular, chegando a invadir os tecidos próximos. Os melanomas malignos se espalham a partir da origem do tumor e são transportados pelo sangue e pelos vasos linfáticos até os linfonodos e órgãos mais distantes. O melanoma ocorre com mais frequência em cães mais velhos e sua versão maligna nos lábios de um cão terá bordas irregulares com uma variedade de cores. Um cão pode ter os lábios inchados por conta do rápido crescimento da lesão causada pelo melanoma. Os sintomas desta doença, tais como inchaço facial, baba excessiva e dificuldade para mastigar e engolir, são similares aos causados por problemas dentários, então o cão pode não ser diagnosticado com melanoma até que a doença esteja em seus estágios mais avançados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível