Razões de desligamento usadas em uma carta de demissão

Escrito por chad stetson | Traduzido por jorge s. dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Razões de desligamento usadas em uma carta de demissão
Ao sair de um emprego, dar um aviso prévio formal de duas semanas é considerado ideal (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

A carta de demissão pode ser a maneira ideal para deixar um trabalho com classe e dignidade, mas, como um empregado, você ainda precisa ter cuidado com o conteúdo da carta, especialmente ao afirmar o motivo da demissão. Se as razões para a demissão são honradas e compreensíveis, afirmá-las não deve criar qualquer problema.

Outras pessoas estão lendo

Mudança

Mudança é uma razão aceitável para deixar um emprego. As pessoas podem mudar por quaisquer motivos que nem sempre têm algo a ver com o seu trabalho, e qualquer empregador deve compreender isso. Talvez o cônjuge do funcionário tenha sido forçado a se mudar por conta de um emprego, talvez o funcionário precise estar mais perto de sua família ou pode ser até que o empregado goste do trabalho, mas não onde está vivendo atualmente.

Voltando à escola

Em tempos de uma economia em dificuldades, voltar para a escola depois de vários anos no mercado de trabalho é uma perspectiva cada vez mais atraente para muitas pessoas. Ter um diploma universitário pode fazer com que um empregado seja mais valioso, e deixar um trabalho para buscar mais educação é perfeitamente compreensível. O empregado não está renunciando por causa da insatisfação com o trabalho, mas por um desejo de melhorar a si mesmo. Retornar à escola também deixa a porta aberta para o referido empregado retornar a uma empresa com uma melhor educação e mais oportunidades para o avanço, algo que pode beneficiar o empregador.

Mudança de carreira

Outra razão para deixar um trabalho que normalmente é segura para colocar em uma carta de demissão, é um desejo de uma mudança de carreira. Afirmar que está descontente com uma empresa não deve entrar na carta de demissão, mas querer embarcar em uma nova carreira é uma razão válida. Um empregador pode ser justo e proporcionar um ambiente de trabalho positivo, com excelente salário e benefícios, mas que podem não ser gratificantes se a pessoa simplesmente não gosta área de atuação da empresa. Um desejo de uma mudança de carreira não é, de nenhuma maneira, um insulto contra um empregador.

Uma oferta melhor de outra empresa

Muitas pessoas deixam um emprego porque receberam uma oferta de trabalho melhor em outra empresa. Enquanto a maioria dos empregadores deve ver isso como uma razão válida para a renúncia, declarar isso em uma carta de demissão pode ser complicado. O segredo aqui é manter a carta positiva. O empregado demitido deve ter cuidado para não insultar seu empregador – intencionalmente ou inadvertidamente – e agradecer aos futuros ex-empregadores pelo tempo na empresa. A empresa também pode fazer uma contraproposta ao seu funcionário para convencê-lo a ficar. A contraproposta pode vir com melhores oportunidades de progresso, um salário maior ou melhores benefícios.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível