Razões pelas quais crimes não são resolvidos

Escrito por carl carabelli | Traduzido por aline ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Razões pelas quais crimes não são resolvidos
Investigadores confiam em evidências para a identificação e condenação do assassino (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

As estatísticas do FBI reportam que 67% dos crimes foram resolvidos desde os anos 80. Os outros 33% permanecem não solucionados, por falta de evidência e de testemunhas, por testemunhas que se recusam a colaborar, falta de indicação motivacional e localização geográfica.

Outras pessoas estão lendo

Falta de motivo

Alguns assassinatos têm um motivo claro. Quando um cônjuge adúltero aparece morto, o outro companheiro e amante são os principais suspeitos. Quando o corpo de um membro de gangue é encontrado em território rival, este último é, provavelmente, o agressor. Outros assassinatos, no entanto, não têm motivo. Se alguém com nenhuma ligação criminal e nenhum inimigo é assassinado, é difícil descobrir a razão. Quando isto ocorre, o caso é mais propenso de não ser solucionado.

Falta de evidência

Investigadores confiam em evidências para a identificação e condenação do assassino. Se faltar evidências, é difícil fechar um caso, mesmo se você estabelecer um motivo claro. As armas do crime, pegadas, rastros de pneu e DNA (cabelo, saliva, sangue) são úteis para prender o assassino. Quanto menos evidências, mais dificuldade em capturar o assassino. Mesmo se as autoridades o apreenderem, será difícil condená-lo.

Testemunhas

Uma testemunha ocular pode tornar um caso sólido em conjunto com uma forte evidência e um motivo claro. O problema é que muitos assassinatos ocorrem em áreas isoladas, sem testemunhas. Mesmo se uma pessoa observa o crime, ela pode ficar reticente em apresentar-se, temendo a própria segurança. A ideia de testemunhar em frente à corte quando há uma chance do suspeito ser solto é aterrorizante. Este medo de represálias pode levar uma testemunha a abster-se de testemunhar, o que pode deixar o caso não resolvido.

Geografia

Grandes cidades tendem a ter maiores incidentes de assassinatos não resolvidos que as menores. Embora as áreas menos populosas possam ter homicídios insolúveis, a maioria da população de grandes cidades pode dificultar a exclusão de suspeitos. As áreas com altas taxas de criminalidade são mais propensas a ter altos índicas de casos não solucionados. Combine isto às forças policiais que estão frequentemente espalhadas devido a alta taxa de criminalidade e subtraia fatores como cortes de orçamento e terá uma área em que os assassinatos ficarão, muito certamente, sem solução.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível