Razões para tremores internos, espasmos musculares e fadiga extrema

Escrito por michele vrouvas | Traduzido por fernanda lemi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Muitas vezes, as causas reais de muitas doenças comuns permanecem um mistério para os pesquisadores, não importa quão intensas as investigações se tornam. Os tremores internos, espasmos musculares e fadiga crônica ou extrema não são exceções. Apesar dos pesquisadores continuarem suas buscas, muito sobre a etiologia dessas condições prevalecentes permanece desconhecido.

Outras pessoas estão lendo

Hipertireoidismo

O hipertireoidismo refere-se à glândula tireoide superativa e acredita-se que esta seja a causa dos tremores e estremecimentos, entre outros problemas de saúde.

Ansiedade

Tremores e estremecimentos são apenas dois dos sintomas de transtornos de ansiedade e pânico, que podem durar até 90 minutos.

Uso excessivo

Espasmos musculares podem ocorrer quando os músculos estão sobrecarregados, principalmente em atletas e em pessoas que realizam trabalhos manuais.

Desidratação

Os músculos que não estão hidratados adequadamente também estão sujeitos ao desenvolvimento de espasmos musculares, pois suas células se contraem.

Doenças

Tanto doenças sistêmicas quanto distúrbios neurológicos podem causar espasmos musculares.

Etiologia

Segundo o autor John Zajaros, algumas pessoas sugerem que o estresse pode ser um fator que causa fadiga extrema ou a síndrome de fadiga crônica. No entanto, ele destaca que muitos pesquisadores famosos estudaram a etiologia da fadiga crônica, mas "sem sucesso". Porém, alguns pesquisadores acreditam que uma ligação genética poderia explicá-la, pois essa condição foi diagnosticada em membros da mesma família.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível