Como reabilitar uma fratura do tornozelo por avulsão

Escrito por rachel rosman | Traduzido por monique monteiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como reabilitar uma fratura do tornozelo por avulsão
As fraturas com avulsão ocorrem normalmente com entorses de tornozelos (Andersen Ross/Digital Vision/Getty Images)

Uma fratura por avulsão ocorre quando um ligamento ou tendão ligado a um osso se afasta do fragmento do osso. Elas costumam ocorrer com entorse graves de tornozelo e, normalmente, não necessitam de cirurgia. Os atletas normalmente sofrem fraturas por avulsão devido à quantidade de força necessária para quebrar ou arrancar um osso. A fim de evitar uma nova lesão e recuperar a amplitude de movimento, a reabilitação da lesão é crítica. Os atletas preocupados com a restauração de sua força e velocidade devem aderir à terapia de reabilitação diária.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Gelo
  • Muletas
  • Bota imobilizadora
  • Toalha
  • Tubo cirúrgico

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Aplique gelo e eleve o tornozelo ferido acima da altura onde se encontra o coração para reduzir o inchaço.

  2. 2

    Use muletas e/ou uma bota imobilizadora até o seu médico determinar que você possa colocar peso sobre o pé. Dependendo da gravidade da lesão, este período de imobilização pode durar de duas a quatro semanas.

  3. 3

    Comece os exercícios de amplitude de movimento para promover a cicatrização e flexibilidade no tornozelo lesionado. Realize uma série de exercícios que consistem de 10 a 30 repetições. Repita os exercícios de três a cinco vezes por dia. A série de exercícios de movimento inclue delinear o alfabeto com o seu dedo ou colocar o pé no chão e mover-se lentamente o seu joelho de um lado para o outro.

  4. 4

    Inicie os exercícios para alongar o seu tendão de Aquiles, uma vez que você pode fazê-lo sem dor. O tendão de Aquiles liga os ligamentos dos músculos na parte de trás da vitela da perna ao osso na base do calcanhar. Sente-se com os joelhos estendidos e uma toalha enrolada ao redor da planta do seu pé e, em seguida, puxe as pontas da toalha até sentir o alongamento da panturrilha. Faça o alongamento por 15 segundos e realize de 15 a 20 repetições. Faça estes exercícios de 3 a 6 vezes por dia.

  5. 5

    Aumente a força e estabilidade quando não estiver sentindo mais dor ou inchaço. Empurre seu pé para fora, contra um objeto imóvel, como uma parede. Quando este exercício estiver confortável, enrole o tubo cirúrgico em torno do pé e o empurre para fora, aumentando a resistência. Mantenha essas posições de 3 a 5 segundos e repita de 15 a 20 vezes, uma ou duas vezes por dia.

  6. 6

    Comece os exercícios de equilíbrio e controle para prevenir novas lesões e fortalecer o tornozelo lesionado. Fique de pé, apoiando o pé lesionado enquanto mantém os braços para o lado se equilibrando por 60 segundos. Quando puder facilmente fazer isso, tente fechar os olhos, segurando seus braços contra o peito ou fazendo as duas coisas ao mesmo tempo.

Dicas & Advertências

  • Repita os exercícios de alongamento, fortalecimento e equilíbrio diariamente, mesmo após a lesão ser curada, para evitar novas lesões.
  • O momento e o tipo de exercícios de reabilitação podem variar de acordo com o seu médico ou fisioterapeuta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível