Reação do fenobarbital em cães

Escrito por joseph cohen | Traduzido por camila marques dos santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Reação do fenobarbital em cães
Cães com convulsões podem ter uma vida duradoura (Beagle, cane image by Buffy1982 from Fotolia.com)

O fenobarbital é um barbitúrico normalmente prescrito para controlar a epilepsia canina e pode também ser usado para prevenir outros problemas no sistema nervoso, incluindo acidentes vasculares cerebrais. É um remédio comum, de baixo custo e fácil de administrar, mas que possui alguns efeitos colaterais, de menor ou maior potencial ofensivo. Com o monitoramento e consciência sobre o comportamento do seu cão, a vida dele pode ser confortável e gratificante, mesmo com o uso prolongado.

Outras pessoas estão lendo

Danos ao fígado

Os efeitos colaterais mais perigosos do fenobarbital são os danos ao fígado. Embora ocorram raramente, podem haver cicatrizes e insuficiência renal. Os sintomas de danos ao fígado incluem perda de peso, vômito e diarreia. Aumento de frequência urinária e aumento de apetite também são sintomas ocasionais, mas o efeito colateral mais comum é do fenobarbital em si (não apenas os danos no fígado), por isso pode ser difícil dizer a diferença.

Prevenção dos danos ao fígado

O monitoramento dos níveis sanguíneos do seu cão de forma proativa pode ajudar a identificar danos no fígado, antes que seja tarde. Exames químicos genéricos são recomendados pela maioria dos veterinários, pois ele testam as enzimas ALT, GGT e fosfatase alcalina. Exame de ácido biliar também pode ser útil para a identificação adiantada de danos ao fígado causados pelo fenobarbital. Quaisquer exames que você escolher devem ser acompanhados por exames regulares semestrais ou mais frequentes.

Tratamento

Cães que estão apresentando sintomas de danos ao fígado, ainda podem ser capazes de continuar com o fenobarbital para evitar convulsões. A adição de brometo de potássio ou leite de cardo à sua dieta, juntamente com a redução do fenobarbital, pode eliminar alguns dos efeitos colaterais do fenobarbital no fígado. Isso não possuí risco de causar recorrência das crises e deve ser feito sob a supervisão de um veterinário.

Efeitos colaterais de curto prazo

Quando inicia-se o regime do fenobarbital, os donos dos cães, muitas vezes notam comportamentos incomuns. Como o fenobarbital afeta a química do cérebro, muitos efeitos colaterais iniciais são neurológicos, já que o cérebro está se ajustando a um novo balanço químico. O cão pode parecer inquieto e super agitado ou, ao contrário, preguiçoso e sedado. A coordenação também pode ser afetada, e os cães que estão iniciando o tratamento podem ter dificuldades no inicio. Esse efeito colateral tende a diminuir ao longo de algumas semanas.

Efeitos colaterais de longo prazo

Aumento do apetite e sede é um efeito muito comum do fenobarbital. Esses sintomas podem conduzir ao ganho de peso e aumento da frequência urinária. é necessária uma rotina de exercícios para permitir que o cão coma até ficar satisfeito e para evitar problemas de saúde secundários que podem levar ao ganho de peso. Quanto à urina, caminhadas frequentes são úteis para atuar tanto na micção quanto no ganho de peso. Ocasionalmente seu cão pode ter problema de controle de bexiga, especialmente durante a noite.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível