Reações alérgicas à câmara de bronzeamento

Escrito por chris sherwood | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Reações alérgicas à câmara de bronzeamento
A câmara de bronzeamento apresenta os mesmos perigos que a exposição ao sol (http://images.craveonline.com)

A câmara de bronzeamento lhe permite alcançar o mesmo tom de bronzeado da pele ao passar um tempo no sol. Contudo, as câmaras tem a vantagem de um bronzeado por igual, além de poder ser usada com menos roupas. Infelizmente, muitos dos problemas causados pela exposição ao sol também ocorrem na câmara de bronzeamento. Elas podem aumentar o risco de desenvolver um câncer de pele, além de poder desencadear uma reação alérgica ao sol.

Outras pessoas estão lendo

Raios UV

As câmaras de bronzeamento funcionam com o uso dos chamados raios ultravioleta (UV). Essas ondas invisíveis de luz podem trazer muitos benefícios ao corpo humano, produzindo vitaminas e ajudando a fortalecer o corpo contra doenças como o câncer de cólon e o raquitismo. Contudo, eles também podem trazer danos à pele, cabelos e olhos, se esses ficarem muito tempo desprotegidos ou expostos aos raios. Os problemas mais graves da exposição excessiva a esses raios são câncer de pele e cataratas, além de poder fazer com que o corpo desenvolva uma alergia aos raios.

Sintomas

Muitas pessoas não percebem que são alérgicas aos raios UV produzidos pela câmara e, por vezes, ignoram os sintomas e continuam usando a cama. Os sintomas da alergia incluem irritações e calombos nas áreas expostas, erupções, urticárias e muita coceira. Os sintomas podem ocorrer assim que a pessoa entrar na câmara ou algumas horas após a sessão de bronzeamento.

Outras causas

Uma reação alérgica em uma câmara de bronzeamento nem sempre decorre de raios UV. Muitas pessoas também apresentam alergia ao plástico usado para fazer a cama. Isso pode ser solucionado utilizando-se uma câmara na qual o paciente fica de pé. Você também pode apresentar alergia devido à maneira como seu corpo reagirá à combinação de loção de bronzeamento com os raios UV. Esses podem acionar reações químicas com a substância usada no corpo, seja perfume ou colônia, cremes ou loções de bronzeamento.

Diagnóstico falso

Você pode achar que tem alguma alergia à câmara de bronzeamento quando, na realidade, você sofre de outra condição de pele. Os raios UV podem causar ou piorar condições pré-existentes, como a psoríase ou eczema. A única forma de determinar se a irritação é decorrente de uma alergia ou condição pré-existente é consultando-se com um dermatologista.

Fotossensibilidade

Uma das reações alérgicas mais comuns à câmara de bronzeamento é a fotossensibilidade, que é quando o corpo é alérgico à luz em si. A maioria das pessoas que sofrem dessa condição já a terão percebido antes de usar a câmara de bronzeamento, pois o simples ato de sair no sol sem protetor pode causar dor intensa no lugar onde o sol tocou a pele.

Tratamento

O tratamento à alergias de câmara de bronzeamento é parecido com o tratamento de alergia ao sol. Muitas pessoas optam por se automedicar usando produtos vendidos sem prescrição médica, como o Claritin. Contudo, a Prednisona, vendida sob prescrição médica, também é frequentemente prescrita.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível