Reações de oxidação na química orgânica

Escrito por douglas bintzler | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Reações de oxidação na química orgânica
Açúcares encontrados nas frutas são oxidados para liberarem energia (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

A oxidação é uma reação química em que um composto ganha oxigênio. Ao final da reação, forma-se um produto. Por exemplo, o óxido de ferro é resultado de uma reação de oxidação em que o ferro ganha oxigênio para formar este íon. A oxidação de compostos orgânicos, aqueles que possuem cadeia carbônica e hidrogênios, proporciona calor às residências e energia aos automóveis. A oxidação também gera energia para o metabolismo, permitindo a vida animal.

Outras pessoas estão lendo

Reações de oxidação em combinação com reações de redução

As reações de oxidação estão normalmente associadas a outras reações, as de redução, que consistem na perda de oxigênio. Para um composto poder ganhar oxigênio, outro deve fornecê-lo. Um bom exemplo é a oxidação de etanol a partir do dicromato. A reação global é: 3C2H5OH (etanol) + 2Cr2O7 (dicromato) = 4Cr (crômio) + 3Ch3COOH (ácido acético) + 11H2O (água). O dicromato doa o oxigênio necessário para oxidar o etanol em ácido acético. A oxidação deste álcool é a base da detecção utilizada em bafômetros pela polícia.

Oxidação de compostos orgânicos simples

O gás metano é um composto orgânico natural composto por um átomo de carbono e quatro átomos de hidrogênio. É comumente utilizado como combustível. A queima ou combustão do metano libera energia na forma de calor, produzindo dióxido de carbono e água. Esta reação é uma oxidação simples. O carbono é oxidado pelo oxigênio do ar, substituindo os átomos de hidrogênio. O resumo da reação é: CH4 (metano) + 2O2 (oxigênio) = CO2 (dióxido de carbono) + 2H2O (água) + energia em forma de calor.

A oxidação inclui a transferência de energia

Reações de oxidação normalmente incluem alterações de energia e, normalmente, ela é liberada em forma de calor. Semelhante à combustão do metano é a queima de gasolina nos automóveis. A gasolina é um hidrocarboneto que consiste de oito átomos de carbono ligados a 18 átomos de hidrogênio. A oxidação da gasolina é um processo rápido que libera dióxido de carbono, água e energia. A reação global que ocorre nos motores a combustão é: 2C8H18 (gasolina) + 25O2 (oxigênio) = 16CO2 (dióxido de carbono) + 18 H2O (água) + energia.

Oxidação de açúcares

Os animais precisam de energia para o metabolismo funcionar, assim como os carros precisam de energia para se movimentarem. A energia no corpo humano provém da oxidação da glicose, um açúcar simples composto de carbono, oxigênio e hidrogênio. A oxidação e quebra de moléculas de glicose é um processo complexo. Entretanto, os produtos também são dióxido de carbono e água. A respiração fornece o oxigênio necessário para esta reação. O dióxido de carbono, um produto da oxidação da glicose, é exalado. A reação global é: C6H12O6 (glicose) + 6O2 (oxigênio) = 6CO2 (dióxido de carbono) + 6H2O (água).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível