Como reconhecer crises de ansiedade

Escrito por dana severson | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A ansiedade em si é bastante comum. Determinadas situações ou eventos podem fazer muitas pessoas sentirem certo nível de apreensão, nervosismo ou até mesmo medo, mas isso não significa necessariamente que você está sofrendo de um transtorno de ansiedade. A verdadeira diferença entre a ansiedade normal e uma crise ou um ataque de ansiedade real está em como isso afeta sua vida cotidiana.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    O método mais eficaz para determinar se você tem ataques de ansiedade é conversar com um profissional licenciado de saúde mental. Muitos tipos diferentes de distúrbios podem causar sintomas de um ataque de ansiedade, de acordo com a Mayo Clinic, portanto o diagnóstico correto é uma parte importante do tratamento.

  2. 2

    Considere a frequência e a duração da sua ansiedade. Para muitas pessoas que sofrem desse transtorno, os sentimentos excessivos de inquietação, preocupação ou medo sobre os problemas do dia a dia e as situações os afetam quase todos dias da semana, por um período de pelo menos seis meses, de acordo com o National Institute of Mental Health dos EUA.

  3. 3

    Leve em conta a sua capacidade de controlar seus sentimentos de ansiedade. Em quase todos os tipos de transtorno de ansiedade, você terá dificuldade em controlar seus sentimentos, emoções e reações a situações e eventos que desencadeiam suas preocupações, ansiedades ou medos. Quase sempre é difícil espantá-lo, mesmo que o sentimento seja irracional.

  4. 4

    Pense em como sua ansiedade afeta sua vida cotidiana. A maioria das pessoas que vivem com um transtorno de ansiedade, de acordo com a Mayo Clinic, descobre que os sentimentos de preocupação, ansiedade ou medo são tão intensos ou excessivos que interferem no dia a dia. Isso pode debilitar uma pessoa.

  5. 5

    Repare como você reage a situações ou eventos "produtores de ansiedade". É possível que um transtorno de ansiedade faça com que você, no fim das contas, evite situações que possam desencadear sua ansiedade e, assim, evitar esses sentimentos.

  6. 6

    Tenha em mente outros sintomas que ocorram em conjunto com os seus sentimentos de ansiedade. É comum experimentar uma série de outros sintomas simultaneamente com a ansiedade, nervosismo ou medo, como tensão muscular, falta de ar, sudorese, batimento cardíaco rápido, irritabilidade, agitação, insônia e fadiga.

Dicas & Advertências

  • Alguns dos problemas de saúde que podem causar sintomas de um ataque de ansiedade incluem o transtorno de ansiedade generalizada, transtorno de ansiedade social, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), transtorno do pânico, fobias, depressão, abuso de álcool e de drogas e síndrome de estresse pós-traumático.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível