Como reconhecer um violino Stradivarius original

Escrito por grant d. mckenzie | Traduzido por luiz henrique amaral alves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como reconhecer um violino Stradivarius original
Este não é um Stradivarius (instrumental italian image by Andrey Kiselev from Fotolia.com)

Quando o assunto é qualidade em manufatura de instrumentos musicais, nenhum nome é mais respeitado do que o de Antonio Stradivarius. Um violino Stradivarius é considerado por muitos como o topo da excelência musical. Nascido em 1644, Antonio Stradivarius manufaturou violinos em sua casa, localizada em Cremona, Itália, entre o final dos anos 1600 e começo dos 1700. Nas décadas e séculos seguintes, seu trabalho foi muito copiado mas nunca duplicado. Isto pode tornar muito difícil a identificação para determinar se você tem um Stradivarius original ou uma reprodução posterior.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Violino

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Examine primeiro a gravação. Um Stradivarius original terá uma inscrição em latim: "Antonius Stradivarius Cremonensis Faciebat Anno [data]", onde data é o ano em que o violino foi fabricado. O problema é que os Stradivarius falsos também têm esta inscrição, bem como as reproduções que "homenageiam" o original, de acordo com o Instituto Smithsoniano.

  2. 2

    Contate a American Federation of Violin and Bow Makers (Federação Americana de Fabricantes de Violinos e Arcos, em tradução livre) para obter uma lista de afiliados. A partir desta lista, você poderá encontrar um expert para examinar seu violino com a expertise e o grau técnico necessários para determinar definitivamente se ele é um Stradivarius original.

  3. 3

    Leve o violino para o expert escolhido para examiná-lo. Ele irá procurar os detalhes de construção que não aparecem à primeira vista, mas são cruciais para identificar um Stradivarius original. De acordo com o Metropolitan Museum of Art, Stradivarius experimentou várias geometrias, qualidades tonais e vernizes. Tudo isto deverá ser examinado e autenticado para que seu violino possa ser reconhecido como original.

  4. 4

    Aceite as recomendações da Federação Americana de Fabricantes de Violinos e Arcos. Segundo a experiência deles, as chances de se "tropeçar" em um Stradivarius original são raras. Mesmo que seu violino acabe não sendo um Stradivarius original, ele ainda é um instrumento belíssimo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível