Tempo de recuperação para tornozelo torcido com ruptura de ligamentos

Escrito por tim binder | Traduzido por ricardo schweitzer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tempo de recuperação para tornozelo torcido com ruptura de ligamentos
O site WebMD é um bom lugar para encontrar informações sobre tornozelos machucados (Image by Flickr.com, courtesy of Mark Kobayashi-Hillary)

Torcer um tornozelo é uma ocorrência comum no dia-a-dia, podendo ocorrer de maneira tão simples como pisar no pé de alguém ou em um cordão de calçada de forma errada. Se o seu tornozelo ficou inchado ou dolorido, é possível que ele esteja com algum tipo de lesão ou até ruptura nos ligamentos.

Outras pessoas estão lendo

Pode acontecer com qualquer um

De acordo com a Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos (AAOS), aproximadamente 25 mil pessoas nos Estados Unidos torcem o tornozelo todos os dias. Enquanto a possibilidade é maior ao praticar esportes ou atividades físicas, isso pode acontecer com qualquer pessoa que pisou em uma superfície desnivelada.

Como acontece

Os ligamentos esticam mais do que o normal quando o pé vira, e então o peso (também maior do que o de um passo normal) é transferido para lá quando a força chega ao chão. Normalmente, de acordo com o site WebMD, o tornozelo gira para fora e o pé para dentro, o que faz com que os ligamentos da parte externa do tornozelo se estiquem e rompam. As vezes o tornozelo gira para dentro e o pé para fora, machucando os ligamentos interiores do tornozelo.

Gravidade

Médicos podem diagnosticar a torção e sua gravidade. A classificação varia de acordo com a severidade e o Grau 1 consiste de uma torção leve (esticando levemente o ligamento), Grau 2 é moderado (rompimento parcial do ligamento) e Grau 3 é severo (rompimento completo do ligamento), de acordo com a AAOS.

Recuperação

A maioria das torções são curadas em entre 4 e 6 semanas de acordo com a AAOS. Repouso é a componente chave da recuperação. Gelo, compressão e elevação do tornozelo são essenciais, e no caso de torções de Grau 2 ou maior a imobilização e uso de muletas ajuda no processo. Gesso e cirurgia são raros, mas as vezes usados em torções de Grau 3.

Prevenção

Força e flexibilidade são importantes para prevenir a torção do tornozelo, e também é essencial aquecer antes de atividades físicas. Preste atenção em onde você pisa, caminha e corre, e preste atenção também em sinais de aviso como dor e desconforto no tornozelo, suspendendo a atividade quando os sentir.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível