Como se recuperar de um evento traumático

Escrito por randa morris | Traduzido por ellen zanelato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como se recuperar de um evento traumático
Tristeza e desespero são sintomas comuns (Woman cry 3 image by Mikhail Malyshev from Fotolia.com)

Ao vivenciar a morte de alguém próximo a você, você pode passar por diferentes reações físicas e emocionais, de distúrbios do sono como a insônia, dificuldade de dormir ou de manter o sono, sonhos e pesadelos recorrentes a sentimentos mais gerais como ansiedade, uma preocupação constante e medo em relação ao que vai acontecer no futuro próximo, inabilidade de relaxar ou de se sentir seguro e uma necessidade de controlar mais o que está ao seu redor e o ambiente. Depois de uma morte, há 2 tipos de reações pelas quais você pode passar. Em muitos casos você pode sentir dor, que é identificada por uma sensação de tristeza e sofrimento subjacente. Em alguns casos, entretanto, você pode sentir estresse traumático. As reações ao trauma podem ser as mesmas que as de dor. Elas podem incluir tristeza, sofrimento e uma sensação de perda profunda. A emoção subjacente, entretanto, é a de medo. Praticamente todos os tipos de perdas, ou ameaças de perda podem causar reações traumáticas, assim como reações de dor.
Para se recuperar de um evento traumático há muitas coisas que você pode fazer. Mesmo que fechar a ferida e se recuperar seja um processo demorado, a forma como você cuida de si mesmo e como você enxerga o ocorrido podem fazer a diferença para sua recuperação geral. Aqui vão alguns passo simples que você pode seguir, agora mesmo, para ajudá-lo a passar por este processo.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Se eduque. Saber o que esperar após uma perda traumática pode tornar as reações menos assustadoras. Algumas coisas que você pode sentir são: lembranças muito vivas do ocorrido incluindo imagens, sons, cheiros e outras formas de memória sensorial; pesadelos que reflitam diretamente o trauma, ou que ocorram em lugares parecidos, tenham as mesmas pessoas ou que repitam as mesmas sensações que você teve na hora; sensação de ansiedade e inquietação, incluindo dificuldade para se concentrar, paralisação, ou ao fazer as coisas que você fazia normalmente; uma sensação vaga de preocupação -- ficar imaginado o que vai acontecer no futuro próximo, tendo a sensação de desgraça iminente; sentir-se com muito medo e ansioso, ter dificuldade de se sentir seguro, não importando o ambiente em que está; uma perda geral de boas sensações, falta de habilidade de aproveitar as coisas que você gostava antes, como se fosse impossível que você conseguisse se sentir feliz, ou de ter momentos de alegria.

  2. 2

    Perceba que o que você está sentido é normal. Muitas pessoas dizem que sentem medo a ponto de "perder a cabeça" após um trauma. Você precisa saber que as suas reações são normais em todas as pessoas. Você não está ficando louco. Não está sozinho no que está sentindo. Pessoas ao redor do mundo tem reações muito parecidas após um evento traumático.

  3. 3

    Saiba que esta dor não irá durar para sempre. As reações mais fortes de um trauma duram cerca de 6 a 8 semanas após o evento traumático. Após este período você começará a sentir cada vez menos estas reações. Se já faz mais de 8 semanas desde a sua perda e você não está se sentindo melhor, pode ser a hora de consultar um orientador que seja especializado em terapia para tristeza e traumas. É geralmente depois de 8 semanas que um trauma agudo começa a ser considerado estresse pós-traumático. Isto significa que você pode precisar de alguém para te ajudar a completar o processo natural de "cura". Mesmo que faça anos desde que ocorreu seu trauma e você ainda sente como se fosse ontem, um orientador de intervenção traumática pode te ajudar a seguir em frente. Mesmo que a lembrança nunca vá embora, a dor cederá. Você será capaz de ficar alegre e sentir-se feliz novamente.

  4. 4

    Cuide bem de si mesmo. Após um trauma é importante que você cuide bem do seu corpo. Mesmo que você não sinta fome, tente comer 3x ao dia. Beba bastante líquido. Se estiver com problemas no sono, tire sonecas durante o dia. Descanse o quando puder. Se permita pegar leve.

  5. 5

    Ouça a si mesmo. Faça o que quer que seja que você precise fazer para se sentir melhor. Enquanto seus amigos e familiares queiram que você "saia de casa" ou comece novas atividades que você não tem vontade de fazer, não tem problema dizer não. Resista às pressões. Ninguém sabe o que você precisa fazer para fechar sua cicatriz, com exceção de você mesmo. O que funcionou para alguma outra pessoa pode não funcionar para você. Sua mente e corpo te guiarão ao longo deste processo. Confie nos seus instintos e preste atenção aos sinais que o seu corpo manda.

Dicas & Advertências

  • Estresse pós-traumático não tratado pode levar a sensações de desespero, que podem virar uma depressão grave. Se você tem sofrido de reações traumáticas por mais de 6 meses, por favor procure a ajuda de um especialista em intervenção traumática.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível