Mais
×

Como recuperar platina de um catalisador

Atualizado em 17 abril, 2017

A platina é um metal precioso que é muito valioso em processos industriais, pois é resistente à corrosão, maleável, condutor e útil como catalisador em reações químicas. Ela é um dos metais raros que são usados nos catalisadores, que convertem os gases tóxicos produzidos pelos motores automotivos em gases menos nocivos, reduzindo a poluição gerada pelos carros. Apesar da quantidade de platina de um catalisador ser pequena, a raridade e a reciclagem simples da platina faz com que o trabalho valha a pena.

Instruções

Os catalisadores usam platina para reduzir os poluentes resultantes da combustão (bike exhaust image by Dumitrescu Ciprian from Fotolia.com)
  1. Remova o catalisador do veículo. Ele fica sob o carro, entre o motor e o abafador, e pode ser removido com uma chave de catraca, se for aparafusado, ou com um serrote.

  2. Encontre uma empresa de reciclagem que aceite catalisadores intactos. Apesar de ser possível abrir o catalisador para remover as estruturas que possuem platina em seu interior, isso não é recomendado, pois alguns de seus componentes podem ser tóxicos.

  3. Caso você decida abrir seu catalisador, seu interior terá esferas ou uma estrutura similar a uma colmeia, que é a parte que possui a platina. Na maioria dos veículos, é usada a estrutura de colmeia, que é metálica e mais resistente a altas temperaturas.

  4. Você deve instalar um catalisador novo. Sua remoção sem a instalação de um novo no lugar é ilegal.

Aviso

  • É ilegal remover um catalisador de um veículo, a não ser que ele não esteja funcionando.

O que você precisa

  • Chave de catraca ou serrote
  • Catalisador
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article