on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Recursos das águas oceânicas profundas

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

As águas oceânicas profundas consistem em regiões oceânicas onde a profundidade ultrapassa 200 m. Nessas áreas, a água é geralmente fria e os minerais e nutrientes estão frequentemente presentes. Como a luz não chega a tal profundidade, essas águas estão relativamente livres de partículas suspensas. O fitoplâncton, que depende da fotossíntese, quase não existe nessa região. Explorar os recursos dessas águas, isto é, os minerais acima e abaixo do assoalho do oceano, está se tornando mais economicamente viável.

As águas oceânicas profundas são fonte de recursos naturais valiosos (oil rig at sunset image by Alan James from Fotolia.com)

Petróleo

Extrair petróleo de campos localizados abaixo do leito dos oceanos requer o emprego de recursos financeiros e tecnológicos, o que se tornou rentável apenas recentemente, devido ao aumento do preço do petróleo. Antes, o desenvolvimento submarino de recursos petrolíferos envolvia a perfuração em regiões relativamente rasas, como o Mar do Norte, na costa nordeste da Grã-Bretanha. Agora, a exploração de petróleo ocorre também em regiões oceânicas profundas, como no campo Lufeng 22-1 no Mar da China Meridional, onde a extração de reservas estimadas em 30 milhões de barris se dá em um leito de mar que fica a mais de 300 m de profundidade.

Loading...

Água potável

Como as águas oceânicas profundas são relativamente limpas e livres de partículas de contaminação, é fácil filtrá-las e convertê-las em água fresca para irrigar plantações e até para beber. A exploração comercial dessas águas foi iniciada pelo Japão na década de 1980 e, em 2003, o Laboratório de Energia Natural do Havaí (NELHA) completou a construção de um tubo profundo de entrada, extraindo mais de 143 milhões de litros de água por dia a uma profundidade de 915 m. O NELHA tem utilizado esse recurso para produzir água potável engarrafada e irrigar plantações durante os períodos frios do ano.

Minérios metálicos

As crostas de manganês com altas concentrações de cobalto ocorrem em áreas de montes submarinos no centro do Oceano Pacífico. Além disso, os nódulos de manganês são encontrados no assoalho das regiões equatoriais do nordeste do Oceano Pacífico. Enormes depósitos de sulfetos polimetálicos contendo metais preciosos localizam-se em regiões próximas às fronteiras das placas tectônicas, que são as grandes áreas da crosta terrestre que formam a superfície submarina. Esses depósitos são particularmente detectados nas proximidades de regiões com atividade vulcânica submarina e em áreas meridionais dos oceanos Pacífico e Atlântico. Sondagens e investigações determinarão se e quando esses recursos serão economicamente viáveis para exploração.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...