Como fazer rédeas mecate com crina de cavalo

Escrito por jolee lautaret | Traduzido por rodrigo castilhos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer rédeas mecate com crina de cavalo
Rédeas mecate são uma alternativa mais suave do que as rédeas de couro tradicionais (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Imagine a versatilidade de um cabresto com trela combinados com uma rédea leve para o seu freio sem ter que segurar ambos ao mesmo tempo. Se quiser contar com o benefício de um bom instrumento de treinamento, obtenha uma rédea mecate. Isso não é uma invenção nova, é originária da tradição dos vaqueiros espanhóis. Uma rédea mecate de crina de cavalo tem mais de seis metros de comprimento, a metade disso é para as rédeas e o restante fica pendurado com uma tala na ponta para amarrar ou corrigir o animal no seu programa de treinamento. Embora a rédea mecate possa ser feita de vários tipos de materiais, acredita-se que a de crina de cavalo seja a melhor. Ela dá uma sensação suave nas mãos do cavaleiro e é a mais adequada porque os cavalos respondem mais ao sentir a crina de cavalo no seu pescoço do que se fossem rédeas de náilon ou couro.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Crina de cavalo de 15 cm (ou maior)
  • Xampu
  • Máquina de torção
  • Pedaço de couro de 15 cm

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Lave a crina de cavalo cuidadosamente com um xampu de marca para equinos ou um xampu humano. Enxágue duas vezes para retirar bem o xampu, deixe a água correr nos pelos até desaparecer todas as bolhas e espuma. Deixe secar. Os pelos secarão mais rapidamente se forem espalhados sobre uma superfície plana. A secagem depende do tempo, mas certifique-se de retirar o máximo de água possível dos pelos antes de começar.

  2. 2

    Separe os pelos para garantir que não haja nenhum embaraçamento ou emaranhamento. Esse processo é chamado de desfiadura e pode ser feito com a mão ou com uma máquina similar àquelas usadas para cardar lã. Se fizer à mão, use os dedos. Ou use guarnições de carda, que funcionam como um pincel com cerdas mais espaçadas para puxar os pelos e separá-los.

  3. 3

    Torça os pelos para fazer fios. Isso geralmente é feito prendendo os pelos num gancho na parede que é girado usando uma manivela, pode ser alimentado por um motor ou à mão. Torça o pelo conforme você vai se distanciando da parede com o a manivela girando.

  4. 4

    Torça os fios usando uma máquina de torção para fazer os barbantes. Algumas máquinas tem um motor, enquanto outras são à manivela. Você pode construir uma versão simples dessa máquina utilizando um pedaço de tábua com três ganchos, no mínimo, e uma manivela anexada, ou usando pedaços de barra de aço. Use quatro fios para fazer um barbante. Certifique-se de que os barbantes fiquem longos o suficiente para fazer as rédeas no tamanho desejado, normalmente entre seis e sete metros.

  5. 5

    Passe o pedaço de couro através das voltas das extremidades dos barbantes presas no gancho. Essa peça é a tala, a ponta da rédea mecate que serve para corrigir o cavalo em treinamento. Como os fios ficam retorcidos na corda, a tala permanece presa no lugar.

  6. 6

    Torça os barbantes para fazer a corda. A quantidade de barbantes usados depende da preferência pessoal, mas o normal é seis. Quanto mais barbantes usar, mais a corda ficará resistente e as rédeas se expandirão menos .

  7. 7

    Amarre a extremidade da corda deixando uma borla na ponta oposta à da tala. Esse acabamento é conhecido como soga.

  8. 8

    Amarre a soga no buçal ou nas alças da bocadura quando estiver usando freio. O buçal é um trançado de couro cru usado no treinamento de cavalos jovens. As alças de bocadura são tiras de couro, geralmente usadas com um bridão na boca do cavalo. Ambos os instrumentos podem ser usados com rédeas mecate. Meça o comprimento desejado para a porção da rédea mecate e amarre no buçal ou repasse as alças de bocadura a meio engate. O comprimento restante da rédea mecate é a sua corda-trela.

Dicas & Advertências

  • Os pelos da crina proporcionam uma corda de maior qualidade do que pelos do rabo, pois são mais macios e duráveis.
  • Antes de torcer a corda final, defina o padrão definido ajustando o alinhamento dos barbantes.
  • Cuide na hora de desemaranhar os pelos. Você deve manuseá-los gentilmente, caso contrário vão se quebrar e ficar muito curtos para serem usados.
  • Procure sempre deixar cada fio e barbante com a mesma tensão para prevenir que a sua rédea mecate se desmanche com o uso.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível