Como reduzir os níveis de PSA

Escrito por shari caudill | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como reduzir os níveis de PSA
Níveis baixos de PSA no sangue são normais (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

O antígeno específico da próstata, ou PSA, é uma proteína produzida pela próstata. Esse hormônio liquefaz o sêmen para permitir que as células do esperma se movimentem livremente. Níveis baixos de PSA no sangue são normais e quando estão elevados indicam que há um problema. Exames realizados apenas para detectar as taxas desse antígeno não oferecem resultados muito confiáveis, por isso a avaliação médica e exames adicionais são importantes para estabelecer um diagnóstico. Os cientistas acreditam que nutrientes como o licopeno e o boro interferem na atividade do PSA. Os dados sugerem que, aumentando a ingestão desses e de outros nutrientes, é possível atrasar a progressão e a propagação do câncer de próstata, e até mesmo diminuir os riscos de desenvolver a doença.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    A ingestão de tomates ou do molho de tomate, que é um alimento rico em licopeno, reduz os níveis de PSA e também os danos causados ao DNA no tecido prostático. A sua ingestão auxilia no tratamento do câncer. Outra alternativa é ingerir diariamente 30 mg de suplementos naturais à base de licopeno.

  2. 2

    Tome suplementos à base de boro. Um estudo realizado por Maria T. Gallardo-Williams, professora e coordenadora do laboratório de química orgânica do North Carolina State University, demonstrou que a injeção desse suplemento diminuiu em cerca de 87% os níveis de PSA em camundongos. O estudo revelou também uma diminuição de 31,5% no tamanho dos tumores.

  3. 3

    Beba chá verde. Essa bebida é rica em galato de epigalocatequina ou EGCG, que detém a produção de PSA e inibe a formação de células neoplásicas na próstata. Os cientistas têm obtido bons resultados com o uso desse composto bioativo em cápsulas.

  4. 4

    Tome a medicação prescrita pelo médico. Remédios como o Avodart e Proscar reduzem os níveis de PSA pela metade. Essa redução é obtida através da inibição da enzima 5-alfa-redutase, que transforma a testosterona em diidrotestosterona. O efeito que promove o crescimento desse hormônio nas células prostáticas é até dez vezes maior do que a ação da progesterona.

  5. 5

    Diminua seus níveis de colesterol total e de lipoproteína de baixa densidade ou LDL. Pesquisadores da Duke University descobriram que homens com níveis mais baixos de LDL e de colesterol total também tinham taxas mais baixas de PSA. Aqueles que tomam estatinas também experimentaram declínios em seus níveis hormonais.

  6. 6

    Seja adepto da autêntica culinária japonesa, que é rica em fitoestrógenos. Ingira alimentos como natto (feijão fermentado), missoshiro (sopa de pasta de soja), aburaage (tofu frito), kinako (farelo de soja), yuba (tofu seco) ou tonyu (leite de soja). Sempre que possível, use o molho de soja em suas refeições.

  7. 7

    Aumente o consumo de soja. Se gostar de cozinhar, compre produtos à base de soja. Você encontrará soja verde, brotos de feijão, leite, biscoitos, hambúrgueres orgânicos, carne, feijão, nozes, tofu e misturas para bolo ou panqueca.

  8. 8

    Tome um suplemento de soja de alta qualidade. Cientistas da Monash University, na Austrália, observaram uma redução de 12,7% nos níveis PSA em homens com câncer de próstata que usaram suplementos de soja.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível