Como usar a região ventroglútea para injeções intramusculares

Escrito por elizabeth thomas | Traduzido por felipe vargas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como usar a região ventroglútea para injeções intramusculares
Seringa para injeção intramuscular (syringe image by JASON WINTER from Fotolia.com)

A região ventroglútea é um dos locais preferidos para dar injeções intramusculares em adultos e crianças com mais de sete meses de idade. Utilizando esse local, o risco de machucar acidentalmente o paciente é mínimo, porque a área não contém grandes nervos e vasos sanguíneos. É possível acessar o local com o paciente em pé ou deitado e, além disso, você pode encontrá-lo usando a mão não dominante como guia.

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Seringa cheia de medicamento
  • Luvas descartáveis limpas
  • Algodão esterilizado com álcool
  • Paciente

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Posicione-se ao lado do paciente que corresponde à sua mão dominante. Por exemplo, se você é destro, fique do lado direito do paciente. Assegure-se de que a área do quadril dele esteja exposta.

  2. 2

    Coloque as luvas descartáveis​​ e coloque a mão não dominante no quadril do paciente. Apoie a base da mão onde a coxa e o quadril dele se encontram. Estenda o polegar longe dos dedos, formando um ângulo reto, de modo que o polegar fique apontando na mesma direção da frente do paciente.

  3. 3

    Estique o dedo indicador para longe do dedo médio. O "V" que você fez serve como o limite do local de injeção.

  4. 4

    Use um algodão com álcool estéril para limpar o local da injeção. Comece com o centro da área e vá aumentando o espaço em movimentos circulares.

  5. 5

    Pegue a seringa com a mão dominante, assegurando-se de que qualquer cobertura de proteção da agulha tenha sido retirada. Segure a seringa entre o dedão e o dedo indicador, como um dardo.

  6. 6

    Insira a agulha no local de injeção em um ângulo de 90º, até o corpo da seringa. Mantenha a mão dominante sobre o corpo da seringa e mova sua outra mão até o fim do êmbolo da seringa. Puxe o êmbolo lentamente, para certificar-se de que não haja o retorno de sangue para dentro da seringa. Se vir sangue, deverá tirar a agulha e escolher um outro local.

  7. 7

    Empurre o êmbolo e injete o medicamento lenta e progressivamente. Depois de alguns segundos, retire a agulha rapidamente e aplique uma leve pressão no local com o algodão embebido em álcool. Descarte corretamente o equipamento usado.

Dicas & Advertências

  • Execute a tarefa com movimentos suaves e constantes para manter o seu paciente à vontade. Estique a pele no local da injeção, tensionando com os dedos da mão não dominante para garantir que a agulha entre no local com pouca resistência.
  • Não se esqueça de puxar o êmbolo da seringa para trás e verificar se há sangue, para se certificar de que não vai injetar o medicamento diretamente na corrente sanguínea do paciente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível