Como registrar DLLs manualmente no Windows Vista

Escrito por ehow contributor | Traduzido por ritaciro cavalcante
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como registrar DLLs manualmente no Windows Vista
DLLs são usadas pelos programas de seu computador Windows (laptop image by Angie Lingnau from Fotolia.com)

DLL (Dynamic Link Library) é uma biblioteca compartilhada de sub-programas usada para desenvolver software. A maioria dos arquivos de seu computador é pensada para ser autorregistrada, ou seja, eles têm informações que devem ser guardadas no registro do Windows para poderem ser usados. Tais arquivos são programados para fazer isto automaticamente. No entanto, é possível registrar e executar eles manualmente no Windows Vista.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Sistema operacional Windows Vista
  • Arquivos DLL (Dynamic Link Library)
  • Arquivos executáveis (.exe)

Lista completaMinimizar

Instruções

    Registrar arquivos DLL e executáveis manualmente

  1. 1

    Saiba o caminho e os nomes dos arquivos que deseja registrar.

  2. 2

    No menu Iniciar, escolha Executar.

  3. 3

    Digite o comando a seguir:

    regsvr32 "[caminho]\nomearquivo.extensão"

    [caminho] é a pasta onde o arquivo está guardado (por exemplo, C:). A extensão deve ser .dll.

  4. 4

    Procure a caixa de diálogo que diz "Servidor de registro de DLL em C:\Arquivos de programas/Arquivos comuns/Microsoft Shared/MSI Tools/mergemod.dll feito com sucesso." Seu arquivo está registrado.

  5. 5

    Digite "[caminho]\nomearquivo.exe" /REGSERVER" para registrar um arquivo executável.

  6. 6

    Abra o programa manualmente (se ele não for aberto automaticamente) para ver se o registro foi feito corretamente. Lembre-se de que, sem certos arquivos anexados ao registro, o programa não vai rodar no Windows Vista.

Dicas & Advertências

  • Um arquivo executável é interpretado como um programa pelo seu computador e é rodado como tal. Arquivos DLL permitem a comunicação entre arquivos e dispositivos para que eles obedeçam aos comandos. Por exemplo, um DLL no Windows Vista permite a comunicação entre um arquivo executável (como o Microsoft Word) e um dispositivo (como uma impressora).
  • Arquivos executáveis não mostram uma caixa de diálogo para avisar que obteve êxito no registro. Em muitos casos, no entanto, ele será iniciado após um registro bem-sucedido.
  • Arquivos DLL não são carregados na RAM e portanto não deixam o computador mais lento.
  • Fale com um entendido em computadores (de preferência um profissional) antes de tentar modificar o registro. Se você não souber o que fazer enquanto mergulha em arquivos importantes de seu computador, você pode acabar alterando-os significativamente, o que pode afetar o modo como seu computador opera.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível