Regras adequadas para escrever cartas a um padre católico

Escrito por derek dowell | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Regras adequadas para escrever cartas a um padre católico
Existem regras adequadas que devem ser seguidas ao escrever uma carta a um padre (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A maioria dos fiéis católicos, a certa altura, sabia como lidar corretamente com os vários níveis do clero da igreja, tanto pessoalmente quanto por carta. Formalidade e doutrina eram uma parte da formação religiosa de cada criança católica. Os bispos e sacerdotes eram claramente reconhecidos pelos fiéis como uma classe distinta à parte, ocupando um lugar especial na sociedade religiosa. Hoje em dia, um padre pode ser visto muitas vezes sem túnicas clericais, vestido apenas com roupas que qualquer um pode usar. Embora não seja necessariamente errado, isso de fato confunde algumas pessoas sobre o nível de formalidade necessário quando se escreve para um padre.

Outras pessoas estão lendo

Contexto

Para entender por que a questão das regras apropriadas realmente importa, primeiro leve em consideração um pouco da história da igreja. A fé católica é construída em cima de séculos de doutrina e costumes que tem visto um nível de turbulência no mundo moderno, mas ainda luta para se aproximar da ideia de que uma pessoa deve mostrar respeito aos superiores, enquanto, ao mesmo tempo, aqueles que ocupam posições superiores, como os padres, têm o dever de tratar as pessoas abaixo deles com dignidade e consideração.

Cartas

Ao escrever para um padre católico, existem algumas regras formais a serem seguidas para mostrar-lhe o devido respeito que a sua posição sugere. Um fator crítico a ser considerado é a questão da saudação e como começar a carta. As três opções básicas dependem das circunstâncias particulares. Para fins de demonstração, o padre em questão é chamado Guilherme Alves.

  1. Se a carta for formal, o título de abertura deve ser "O Reverendo padre Alves".

  2. Para uma carta pessoal, é permitido encurtá-lo para "Padre Alves".

  3. Se o conhecer ainda melhor, você pode escrever "Querido padre Alves".

Não existem procedimentos rigorosos de como preencher o corpo da carta além de ser respeitoso e permanecer dentro do assunto. Para finalizar, é bom escrever "sinceramente" e, em seguida, assinar o seu nome. Também tenha em mente que, embora seja bom pedir a bênção do padre, seria estranho abençoá-lo. As bênçãos são dadas dos padres para os fiéis de acordo com os costumes da tradição católica.

Comunidade e ordens

Se o padre for um membro de uma ordem religiosa particular, é apropriado incluir as iniciais da ordem após o seu nome na saudação, como "O Reverendo padre Alves, O.F.M". Lembre-se, se ele tiver aceito os votos de pobreza, castidade e obediência, mas ainda não foi administrado o Sacramento da Ordem Sagrada, a palavra "Irmão" substituiria "Padre".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível