Regras de formatação para citação das Escrituras

Escrito por solace powell | Traduzido por marla maisonnett
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Regras de formatação para citação das Escrituras
Os versículos da bíblia são citados de acordo com sua tradução (bible image by pearlguy from Fotolia.com)

Em toda a Bíblia, as escrituras avisam que pessoas não devem diminuir ou aumentar as Escrituras. Ao tomar uma passagem direta da Bíblia, não importando a versão, a Escritura deve ser citada apropriadamente. A Bíblia é um texto sagrado e o formato de suas referências é diferente de outros livros. O número de páginas dentro das versões da Bíblia sempre varia, como resultado, o número das páginas nunca é incluído em uma referência.

Outras pessoas estão lendo

Citação MLA

A Modern Language Association (Associação da língua moderna), ou MLA, aconselha aos autores que usam este estilo que o façam com citações entre parêntesis ao citar diretamente da Bíblia. Não use o formato de autor e página, cite o livro, capítulo e versículo. Jesus chorou (João 11:35) é um exemplo do formato apropriado.

Diferente de outros livros, os da Bíblia não são sublinhados ou em itálicos. Um exemplo do formato apropriado é: Antigo Testamento, Bíblia.

Segundo a MLA, os autores podem distinguir o capítulo do versículo optando entre duas formas. Separando-os com um ponto ou com dois pontos. Os leitores podem referenciar o trigésimo quinto versículo do décimo primeiro capítulo do livro de João como João 11.35 ou João 11:35.

A citação não inclui a fonte de referência da Escritura quando a mesma é retirada da King James Version (Versão do Rei James) ou da Revised Standard Version (Versão padrão revisada). Ao usar outras traduções, mencione a tradução na primeira referência.

O manual de estilo de Chicago

Ao escrever no estilo de Chicago e citar as Escrituras diretamente, referencie à Escritura usando a abreviação do nome do livro, o número do capítulo e o versículo.

Essa formatação oferece dois estilos de abreviação dos livros – a tradicional e a versão curta. Assim, o autor abrevia até os nome mais curtos dos livros. Por exemplo, João seria Jo., Amós seria Am., e Reis seria Re. Livros como Ezequiel podem ser abreviados tradicionalmente como Ezeq. ou em sua versão curta Ez.

Não encurte o nome do livro da Bíblia ao fazer menção do livro. “Alguns acreditam que o apóstolo Paulo escreveu o livro de Hebreus” é a forma correta de escrever o nome do livro da Bíblia em uma frase. Não use itálico ao referenciá-los.

Faça referência da tradução da Bíblia usando parêntesis quando uma tradução diferente da King James for utilizada. Por exemplo, escreva (Heb. 11:6, Nova Versão Internacional). Nas próximas citações não é necessário citar a tradução utilizada.

APA

A American Psychological Association (Associação psicológica Americana), ou APA, exige que os autores mencionem o tipo de tradução na primeira citação. Ao citar um versículo de Gênesis, a forma apropriada de fazer referência do versículo da Tradução Ampliada é (Gen. 11:1 Tradução Ampliada). A tradução não precisa ser identificada nas outras citações. A Bíblia e outras obras clássicas importantes não são mencionadas nos trabalhos citados de acordo com o manual de publicação da APA.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível