Regras e modulação de beneficiários de seguro de vida

Escrito por gregory gambone Google | Traduzido por erika paiva belfort
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Regras e modulação de beneficiários de seguro de vida
Uma apólice de seguro de vida tem de ser bem planejada, e deve-se escolher bem, e quantos desejar, os beneficiários do montante em prêmio (Comstock/Comstock/Getty Images)

Escolher um beneficiário é parte essencial para estruturar corretamente uma apólice de seguro de vida. Você deve cuidadosamente considerar as potenciais consequências de colocar uma significante quantidade de dinheiro nas mãos de outra pessoa. Além do mais, você deve ser familiarizar com as regras e regulamentos em relação às variadas designações de beneficiários de um seguro de vida, e como cada um afeta o outro.

Outras pessoas estão lendo

Beneficiário primário

O beneficiário primário é a primeira escolha a receber os procedentes de uma apólice de seguro de vida. Você pode escolher quantos beneficiários quiser e deve dividir o dinheiro da forma que achar justa. Cônjuges, crianças, pais e colegas de trabalho estão entre os beneficiários primários mais comuns.

Beneficiário contingente

O beneficiário contingente é a segunda escolha a receber pagamento de sua apólice de seguro de vida. Novamente, você pode escolher quantos quiser e dividir como bem entender. É importante saber que ele só vai receber o valor caso todos os beneficiários primários não queiram ou não possam receber o dinheiro.

Por estirpes

Muitas operadores de seguro de vida permitem que você liste beneficiários sem diretamente nomear. Com uma designação "por estirpes", você indica a porção desejada da apólice para este beneficiário a ser distribuída igualmente entre os seus próprios herdeiros, no caso de ele morrer antes de você. A técnica por estirpe pode ser um método eficiente de assegurar que um determinado benefício permaneça dentro da família.

Crianças menores

Não é incomum pais nomearem crianças menores como beneficiários contigentes em suas apólices de seguro de vida. Infelizmente, sem planejamento adicional, você pode deixar seu filho em uma situação delicada. Empresas de seguro de vida não podem dar o dinheiro para menores de idade. Se os únicos beneficiários vivos forem menores, os procedentes da apólice são colocados em um fundo simples para o benefício dos filhos. A corte escolherá um administrador, o qual pode ou não ser a mesma pessoa que você escolheria para controlar o fundo financeiro de suas crianças. É altamente recomendado que você estabeleça uma relação de confiança com alguém e liste-o como beneficiário contingente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível