Regras para tamponamento de feridas

Escrito por heather monroe | Traduzido por rodrigo gammaro alves nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Regras para tamponamento de feridas
Saber proceder minimiza o desconforto

Feridas profundas requerem um curativo especial chamado de "tamponamento". Tamponar uma ferida envole preencher a ferida com material estéril para absorver o pus e manter as bactérias longe. Isso ajuda os tecidos internos se curarem da mesma forma que os externos. Em alguns casos, se a ferida não for tamponada, a pele exterior se curará e os tecidos internos formarão uma cavidade alinhada à cicatriz. Tamponar uma ferida pode ser desconfortável. Saber como proceder nesses casos pode minimizar o desconforto e estimular a cura.

Outras pessoas estão lendo

Preparação

Junte todo o material necessário. Você precisará de água esterilizada, uma bandagem elástica, um rolo de gaze estéril, uma bandagem celofane e esparadrapo. Lave bem as mãos antes de começar. Use uma luva de látex quando estiver mexendo em uma ferida de outra pessoa. Depois que as mãos estiverem limpas, limpe a ferida com água esterilizada ou peróxido, se for recomendado pelo médico.

Tamponamento

Verifique a ferida para averiguar a profundidade. Desenrole gaze o suficiente para tamponar o machucado. Deixe o pedaço a ser usado junto ao rolo, sem cortá-lo. Mergulhe a porção desenrolada em água esterilizada e a tampone firme dentro da ferida. Se o osso estiver visível, tampone todo o caminho até ele. Use a parte que sobrou da gaze no lado de fora da ferida, como curativo tópico. Prenda com esparadrapo. Não deixe que a gaze dentro e em torno da ferida se mova. O atrito irrita e pode interromper o processo de cura.

Proteção

Cubra a ferida tamponada com bandagem celofane. Corte um quadrado grande o bastante para tampar tudo. Vede as bordas para tornar a bandagem à prova d'água. Isso previne que bactérias entrem na ferida durante o dia e durante o banho.

Cura

Menos material para curativos é necessário quando uma ferida se cura de dentro para fora. Certifique-se de ajustar a quantidade de gaze utilizada para que o novo tecido curado não se rasgue. Permita que a ferida respire de tempos em tempos quando começar a se curar. Pergunte a seu médico de quanto em quanto tempo o curativo precisa ser feito.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível