Regulamentação do transporte de cilindros de nitrogênio

Escrito por eric bagai | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Regulamentação do transporte de cilindros de nitrogênio
O transporte de cilindros de nitrogênio deve estar adequado a uma série de regulamentações (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

Cilindros de nitrogênio são recipientes altamente pressurizados contendo gás nitrogênio, e o transporte desses cilindros requer a adequação a uma série de regulamentações federais. Ele deve atender aos requisitos do DOT (Department of Transport), e a rotulagem e identificação necessárias nos contêineres de transporte também são estipuladas pelo título 49 das regulamentações do DOT. Antes de citar as regras para o transporte do nitrogênio, é importante entender as propriedades físicas desse gás, já que elas foram determinantes na criação de todas essas regras.

Outras pessoas estão lendo

Propriedades físicas do nitrogênio

O nitrogênio é um gás inerte, incolor, inodoro e insípido que não é inflamável. Esse gás também não favorece a respiração, ou seja, uma exposição ao nitrogênio puro na atmosfera pode causar morte por asfixia. O nitrogênio é um pouco mais leve que o ar e é pouco solúvel em água. Por essa razão, medidas rígidas de segurança são necessárias para o transporte do nitrogênio. Na natureza, esse gás possui ocorrência natural na atmosfera, tendo uma concentração de 78,1%.

Efeitos adversos do nitrogênio sobre a saúde

O contato direto com o nitrogênio em expansão pode causar ulcerações por congelamento, vermelhidão da pele, bolhas e mudança da cor da pele para cinza ou branco, e o nitrogênio gasoso causa asfixia por deficiência de oxigênio. O nitrogênio deve ser transportado com muito cuidado e deve-se sempre ficar atento a sinais de asfixia, que incluem respiração rápida, problemas de coordenação muscular, instabilidade emocional e fadiga. Deve-se tomar as precauções adequadas durante o transporte desse gás, pois a asfixia pode levar à morte em segundos.

Cilindros de nitrogênio

Os cilindros de transporte de nitrogênio são produzidos de acordo com as regulamentações do DOT, que estipulam cada detalhe do transporte, incluindo o material do cilindro, o método de produção, os testes, entre outros. O nitrogênio gasoso é transportando em cilindros altamente pressurizados classificados em 2.200 psig, e o peso do recipiente é muito importe. Se vazamentos ocorrerem, o peso do cilindro prevenirá que o recipiente se transforme em um foguete. Além disso, o peso do cilindro depende do grau do aço que foi usado na produção dele, sendo que o mais comum é de 68 kg para um cilindro de 2.200 psig.

Segurança dos cilindros durante o transporte

Os cilindros vêm com válvulas de segurança e uma tampa de aço para protegê-los contra danos, e também são equipados com dispositivos de alívio de pressão para protegê-los contra a pressurização excessiva. Esses dispositivos devem ser usados com cuidado, já que o contato com o nitrogênio pode ser fatal e, para o transporte desse gás, os rótulos do cilindro são igualmente importantes. Eles devem possuir todos os símbolos requeridos pelo DOT e têm que trazer todos os detalhes do composto, como a data de fabricação e o número de série do cilindro.

Regulamentações de transporte

O nitrogênio é um material 2,2 na classe de perigo do DOT. O transporte desse gás deve estar adequado a todas as exigências do regulamente, sendo que o transporte aéreo deve também atender às regulamentações de segurança do IATA (International Air Transport Association) e do ICAO (International Civil Air Organization). O transporte marinho de nitrogênio deve atender à regulamentação do IMO (International Maritime Organization) e os recipientes para transporte do nitrogênio devem ter os selos de "UN/DOT specification" ou "UN/DOT authorized" neles.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível