Como regular um baixo Fender Precision

Escrito por jonathan d'auria | Traduzido por luiz felipe ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como regular um baixo Fender Precision
Baixo Fender Precision

O baixo Fender Precision, ou "P-bass", é um ícone entre os baixos elétricos. Após sua criação por Leo Fender em 1951, o P-bass rapidamente se tornou o mais vendido e amado baixo do mundo. O captador split-coil lhe confere sua sonoridade única e seu timbre quente. O Precision é, ainda hoje, um dos baixos mais vendidos, e isso não se pode questionar. O que alguém pode se perguntar, no entanto, é "como eu faço para regular o meu Fender P-bass?" O passo-a-passo é bastante simples e é preciso apenas um pequeno empenho e alguma atenção aos detalhes, mas o resultado final valerá a pena. A regulagem tem papel importante na tocabilidade, qualidade sonora e no desgaste de um baixo, e deve ser feita, pelo menos, a cada dois anos, na maioria dos casos, dependendo do clima e da frequência com que o instrumento é utilizado.

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Cordas de baixo novas
  • Chave Allen ou chave para tensor
  • Chave Phillips
  • Kit de limpeza para instrumentos
  • Pano
  • Afinador
  • Alicate

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Troque as cordas. Retire as cordas velhas soltando as tarraxas, localizadas no "headstock" (cabeça) do baixo. Faça isso começando pela corda mais aguda, a corda Sol, sucessivamente até a corda mais grave, a corda Mi. Deve ser feito nessa ordem para evitar que o braço empene, prejudicando a afinação ao longo da escala. Quando a corda estiver suficientemente solta, você já deverá conseguir retirá-la da abertura da tarraxa. Puxe a corda pelo orifício da ponte, removendo-a totalmente. Depois disso, insira a nova corda através da ponte até passar pelo buraco da tarraxa, fazendo o oposto do processo de remoção. Corte, aproximadamente, 10 cm da ponta da corda com o alicate. Você vai notar que a corda é mais fina na ponta, corte próximo do local em que ela fica mais grossa. Enrole-a na tarraxa e aperte até que ela esteja afinada, de acordo com a nota da corda. Utilize o afinador para ser mais preciso. Faça o mesmo com cada uma das cordas, até que estejam todas trocadas. Afine todas as cordas e toque um pouco para que as cordas liberem as tensões indesejáveis. Você vai perceber uma melhora instantânea na qualidade de som e vai sentir imediatamente a diferença na tocabilidade do baixo.

  2. 2

    Regule o tensor. Segure o baixo de forma que o "headstock" fique de frente para os seus olhos e o corpo do instrumento esteja no chão ou sobre uma mesa. Observe através da escala e tente localizar algum ponto em que o braço esteja um pouco curvado. A curvatura do braço é uma ocorrência comum em baixos e acontece devido às mudanças de temperatura, ao aumento na sua utilização ou à forma como o instrumento é guardado. O braço normalmente se curva para baixo, na direção oposta às cordas. Se o braço estiver reto e não houver curvaturas visíveis nele, você pode seguir para o próximo passo. Se estiver curvado, use a chave Allen (chave para tensor) que veio com o baixo. Caso você não a possua, pode utilizar uma chave Allen padrão de 1,3 a 1,5 mm. Insira a chave no ajuste do tensor (localizado no "headstock", próximo ao capotraste, onde começa o braço) e gire um quarto de volta para a direita. Olhe para o braço para ver se o ajuste foi suficiente. Se não, gire mais um quarto de volta para a direita. Às vezes é necessário soltar um pouco as cordas para que o ajuste do tensor possa funcionar. Se a curvatura do braço não for mais visível, você pode ir para o próximo passo.

  3. 3

    Ajuste a ponte. Na seção inferior do baixo, na parte do corpo onde as cordas terminam, existe uma peça retangular de metal chamada ponte. Essa peça segura as cordas em uma altura definida e ajuda a manter a afinação estável. Uma vez que você tenha ajustado o tensor, provavelmente precisará ajustar os cavaletes da ponte também. Use sua chave Allen menor e simplesmente encaixe-a em cada lado do cavalete e aperte até que eles estejam a uma altura uniforme. Você deve visualizar para ter certeza de que eles estão condizentes. Faça isso em cada cavalete até que eles estejam uniformemente ajustados.

  4. 4

    Ajuste a afinação. Agora que a regulagem do baixo está quase completa, você precisa ter certeza de que as notas ao longo da escala estejam afinadas. Para isso, plugue o baixo no afinador, toque uma corda solta e certifique-se de que ela esteja na afinação correta. Agora toque a nota uma oitava acima, no 12º traste da mesma corda, e verifique se você obtém a mesma leitura no afinador. Em caso positivo, passe à próxima corda e teste cada uma delas. Se não, pegue a chave Phillips e vá novamente até a ponte, na parte inferior do baixo. O parafuso de ajuste para cada corda está localizado logo atrás de cada um dos cavaletes que foram ajustados anteriormente. Vá até a corda que apresentou o problema e gire o parafuso para a direita (sentido horário). Isso irá mover o cavalete em direção ao "headstock" do baixo, igualando a afinação da corda solta com a do 12º traste. Continue até que a leitura no afinador seja a mesma. Repita esse procedimento para cada corda que precisar dessa regulagem.

  5. 5

    Regule a altura do captador. Agora que o baixo está afinado, você vai desejar que os captadores estejam na altura correta, para que eles recebam as vibrações da maneira que deve ser. Isso também vai assegurar que eles não estejam muito altos, de forma que não entrarão em contato com as cordas (isso causa ruídos indesejáveis). Usando a chave Phillips, ajuste cada parafuso do captador do seu P-bass para que ele fique a uma altura confortável para você. Aperte o parafuso para abaixar captador ou solte para levantá-lo. Plugue o baixo para testar se a sonoridade está como você deseja e se o captador está em uma posição confortável.

  6. 6

    Faça o polimento do baixo. Para polir o seu baixo e manter a qualidade da madeira do instrumento, você pode comprar um kit de polimento em qualquer loja de instrumentos musicais. Se você não quiser seguir essa opção, você pode utilizar um óleo de limão comum, que não causará danos ao baixo. Use um pano, uma meia, ou uma camiseta velha e coloque um pouco de óleo no tecido. Passe em todo o corpo do baixo com movimentos circulares, para remover quaisquer manchas ou áreas desgastadas. Isso deve deixar seu baixo brilhando como novo. É importante fazer isso, pelo menos, duas vezes por ano e, às vezes mais, dependendo da sua localidade e do clima. Seu baixo está agora completamente regulado e pronto para ser tocado.

Dicas & Advertências

  • Se você não está seguro para fazer a regulagem do seu baixo, procure um luthier ou uma loja de instrumentos musicais que faça regulagens. Isso, geralmente, custa entre R$ 80,00 e R$ 120,00, mas pode valer a pena, se você quiser ser bastante cuidadoso com seu instrumento.
  • Não tenha pressa ao fazer a regulagem do seu baixo. Quanto mais você se apressa, maior é a chance de pular algum passo ou cometer algum erro de cálculo. Você deve curtir o processo.
  • Faça a regulagem do seu Fender Precision habitualmente. Um instrumento é apenas tão bom quanto as condições em que ele se encontra, portanto regule seu P-bass frequentemente. Anote no seu calendário quando foi a última vez que você o regulou e marque uma data para se lembrar de quando você deve fazer a regulagem novamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível