Remédio caseiro contra algas na piscina

Escrito por wirnani garner | Traduzido por aline fernandes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Remédio caseiro contra algas na piscina
Livre-se das algas para garantir a segurança e a higiene da piscina (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

A presença de algas em uma piscina é sinal de que a água pode estar suja. Uma piscina com água suja pode ser um terreno fértil para todos os tipos de bactérias e fungos, o que pode levar a diversas doenças e infecções, não sendo seguro nadar em uma piscina com algas. Livrar-se delas pode ser um pouco assustador para qualquer proprietário de piscina, mas isso pode ser feito com a ajuda de materiais que podem ser encontrados em casa.

Outras pessoas estão lendo

Alvejante

O alvejante foi consagrado como um desinfetante e limpador versátil. O tipo específico de alvejante para utilizar em uma piscina deve ter cloro com 6% de hipoclorito de sódio. O alvejante pode ser borrifado para acabar com as algas. Deve-se esvaziar toda a piscina primeiro e borrife os azulejos onde as algas costumam crescer. Esfregar um pouco também ajuda a remover todos os vestígios de alga dos azulejos.

Outra forma de utilizar alvejante para matar as algas é adicioná-lo à água da piscina. Geralmente leva de duas a quatro garrafas de alvejante para tratar uma piscina de tamanho normal. A bomba deve estar funcionando continuamente para garantir que todas as algas sejam expostas ao cloro.

Tratamento de choque com cloro

Para livrar-se das algas na piscina de forma eficaz, você pode adicionar grandes quantidades de cloro à água. Esse processo é chamado de tratamento de choque com cloro. Para tornar esse tratamento eficaz, o nível do pH da água da piscina precisa ser de 7,0. Diminua o nível do pH adicionando ácido muriático à água.

A quantidade de cloro necessária para o tratamento de choque depende da quantidade de água na piscina e da gravidade do crescimento de algas. Se a piscina tem 40.000 litros de água, será necessário o uso de 500 g de cloro. Duplique a quantidade se o crescimento de algas for grave. O melhor horário para realizar o tratamento de choque é à noite, pois o cloro é danificado pela luz do sol e pode perder sua eficácia para matar as algas na piscina.

Os tratamentos de choque também são seguidos pelo uso de um algicida, que evitará que as algas retornem à água. Procure por algicidas ecológicos que podem ser utilizados tanto em piscinas quanto em tanques de peixes.

Varrer e esfregar

Essa solução caseira requer mais trabalho e paciência. Varra e esfregue a piscina pelo menos uma vez por dia. Varrer em torno da piscina ajuda a remover folhas mortas e outros resíduos que podem afundar e apodrecer, promovendo o crescimento de algas na piscina.

Esfregar a piscina regularmente mantém os azulejos limpos e livres de algas. As algas não terão a chance de crescer nos azulejos se eles forem esfregados com frequência. Pode dar muito trabalho, mas é a alternativa mais segura, visto que não utiliza qualquer substância química.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível