Remédios homeopáticos para problemas com as glândulas suprarrenais

Escrito por catherine carter | Traduzido por fatima mesquita
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Remédios homeopáticos para problemas com as glândulas suprarrenais
Cafeína em excesso pode exaurir suas glândulas suprarrenais (Photos.com/PhotoObjects.net/Getty Images)

As glândulas suprarrenais fazem parte do sistema endócrino do corpo. Elas são duas e ficam logo acima de cada um dos nossos rins, como o próprio nome indica. Essas glândulas produzem vários hormônios e têm um papel importante na resposta que damos ao estresse e ainda na produção de energia. A epinefrina, que é um sinônimo para adrenalina, é um dos hormônios produzidos pelas suprarrenais.

Outras pessoas estão lendo

Adrenalinum

Adrenalinum é o nome de um remédio homeopático preparado a partir de secreções das glândulas suprarrenais. Os sarcódios são uma classe de drogas homeopáticas de efeito comprovado preparadas a partir de glândulas saudáveis e da secreção normal de animais vivos. O adrenalinum se encaixa nessa categoria: ele é um sarcódio. Os sarcódios são, em geral, usados quando um órgão, ou parte dele, é removido através de cirurgia ou está comprometido. O tratamento constitucional homeopático pode ser menos efetivo em situações desse tipo e é por isso que os sarcódios são recomendados.

Se um indivíduo sente-se fatigado e com pouca energia devido à exaustão suprarrenal, uma glândula inteira pode ser utilizada. O material é recolhido de animais como vacas e porcos, funcionando como um tipo de suplemento alimentar. Os remédios homeopáticos são preparados de acordo com orientações rígidas estabelecidas pela Farmacopeia homeopática e devem ser assim identificados no contêiner para garantir a sua qualidade.

Indicações gerais

Certas condições médicas podem indicar a necessidade de um remédio homeopático para as suprarrenais. A lista a seguir traz indicações gerais para o uso do adrenalinum: doença de Addison, fraqueza, dores neurálgicas, palpitações, pulso rápido, asma, sensação de constrição e angústia, medo e choque ou parada cardíaca durante anestesia. Seu principal uso terapêutico está relacionado à sua ação vasoconstritora. Por isso, ele tem sido usado em hemorragias não ligadas a problemas de coagulação. Mas a sua utilização não deve ser repetida com frequência. Muitos dos sintomas de exaustão das suprarrenais são vagos. Portanto, antes de considerar um tratamento por conta própria, é recomendado determinar o motivo de se estar com tais sintomas específicos, para que a causa real possa ser enfrentada.

Terapêutica

O adrenalium tem sido benéfico na congestão aguda dos pulmões, asma, doença de Addison, angina, doença de Graves, febre do feno, urticária aguda e comichão.

Onde encontrar

O adrenalinum é comercializado em farmácias homeopáticas.

Dicas

É recomendado fazer um exame médico e os devidos testes.

Considere fazer um ajuste dos rins ou suprarrenais eliminando o uso de bebidas energéticas, reduzindo o consumo de café e de refrigerantes com cafeína. O uso em excesso da cafeína exaure as glândulas suprarrenais através de um processo de superestimulação. Reduza também o nível de açúcar presente na alimentação. Estabeleça ainda um horário de ir para cama (cedo).

Cuidados

Não use esse remédio por conta própria. Consulte um profissional da homeopatia para determinar se ele é a opção mais adequada para você. A informação aqui contida não substitui a consulta médica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível