Remédios da medicina chinesa para dissolver miomas

Escrito por pamela wake, m.s. | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Remédios da medicina chinesa para dissolver miomas
As ervas que revigoram o sangue são picantes, amargas e quentes (Visage/Stockbyte/Getty Images)

Os miomas se enquadram na categoria das massas abdominais ou "Zheng Jia" e são frequentemente acompanhados de dor, distensão, corrimento vaginal ou sangramento. Eles desenvolvem-se devido à estagnação do qi (energia), do sangue e da mucosidade na parte inferior do abdômen. Isso ocorre ao longo do tempo devido a um vazio de qi, uma desarmonia do qi e sangue, ou uma invasão de vento frio durante o parto ou após a menstruação. Reprimir as emoções como a raiva e a frustração, ter má alimentação e manter estilo de vida estressante também são fatores contribuintes. O protocolo de tratamento seria mover o qi, revigorar o sangue e transformar a mucosidade.

Outras pessoas estão lendo

Funções e propriedades das ervas

As ervas indicadas para regular (ou movimentar) o qi são aromáticas, amargas e às vezes quentes por natureza. Elas promovem o movimento, dispersam a estagnação e param a dor.

No caso da estagnação de qi, o tratamento seria acelerar o sangue e movê-lo. As ervas como mu xiang, zhi ke, qing pi chuan e lian zi da categoria da regulação do qi seriam utilizadas pela sua capacidade de romper a estagnação e a aglomeração, promover o fluxo de qi e parar a dor. As sang len e zhu e seriam usadas tanto para revigorar o qi e o sangue quanto para acabar com as acumulações.

As ervas que revigoram o sangue são picantes, amargas e quentes e são particularmente úteis para a dor, resolução das massas e para a estase do sangue. Por causa da relação de interdependência entre o qi e o sangue, quando você revigora o sangue, isso é útil para promover simultaneamente o movimento do qi, obtendo melhores resultados na resolução de doenças.

A tao ren é uma das ervas primárias utilizadas para dinamizar o sangue e dissipar a estase e é frequentemente usada em conjunto com a yan hu suo, a ang gui e a chi shao para a estase dos distúrbios menstruais induzidos no sangue. A gui zhi auxilia mais suavemente na remoção da estagnação, aquecendo os vasos sanguíneos e regulando a menstruação, especialmente nos casos em que há frio no jiao inferior.

A última área a ser abordada é a mucosidade. As ervas usadas aqui são picantes, quentes, aromáticas e secas. A cang zhu e a ban xia são usadas ​​para secar a umidade e mobilizar o muco. A cang zhu e a xiang fu usadas ​​juntas aliviam a dor devido à estagnação do qi. Estas ervas podem ser adicionados a uma fórmula comum (er chen tang), que harmoniza o jiao médio e cuja principal função é transformar a mucosidade obstruindo o qi. A consideração aqui é que, quando o baço ou estômago estão funcionando corretamente, a mucosidade não terá a oportunidade para ocorrer em outras partes do corpo.

As ervas em forma bruta podem ser cozidas com infusão em água, economizando o líquido restante e tomadas duas vezes ao dia; adquiridas em grânulos, dissolvidas em água morna e consumidas como um chá; ou tomadas em forma de pílula. A forma de pílula é considerada a menos desejável, pois os efeitos são geralmente mais leves e de ação mais lenta.

Cuidados e recomendações

Devem ser tomadas precauções em caso de gravidez, tosse seca, sangramento menstrual prolongado ou excessivo, deficiência de qi ou yin. Sangramento prolongado, dor e corrimento escuro de odor fétido são frequentemente sinais de tumores malignos.

Consultar um médico licenciado em medicina chinesa é sempre recomendável antes de usar qualquer erva medicinal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível