×
Loading ...

Remoção de baço em cachorros

Atualizado em 21 novembro, 2016

O baço é um órgão responsável por diversas funções importantes em um cachorro, no entanto, cachorros que têm seu baço removido geralmente têm uma vida normal e saudável. Cachorros podem ter que ter seu baço removido por diversas condições médicas, como trauma ou tumores. Esse procedimento é conhecido como esplenectomia.

A remoção do baço é conhecida como esplenectomia (golden retriever in the field image by Calin Tatu from Fotolia.com)

Identificação

O baço é um órgão vermelho-escuro e tem grande aporte sanguíneo. O baço é longo e largo, com forma de tubo. Fica localizado na parte superior do abdômen, perto do estômago, dependendo do quanto o estômago está cheio e do tamanho dos órgãos que rodeiam o baço. Uma esplenectomia se torna necessária se o órgão adoece ou fica danificado.

Loading...

Causas

Tumores no baço são uma das causas de remoção do baço em cachorros. Algumas raças, como o pastor alemão, têm pré-disposição a certos tipos de tumores (conhecidos como hemangiossarcomas). Tumores de baço também podem aparecer em cachorros idosos. Outra causa de remoção do baço é a torção dele. Essa condição médica é mais comummente observada em raças grandes ou gigantes. O baço pode se romper se o cachorro sofrer algum trauma, como, por exemplo, atropelamento ou levar um chute no abdômen. Um baço rompido deve ser removido, pois pode causar sangramento interno.

Diagnóstico

De acordo com o site Petplace.com, existem diversos procedimentos diagnósticos que podem ser utilizados para determinar se o baço de um cachorro deve ou não ser removido, como: um exame de sangue completo (CBC), exame de um esfregaço de sangue, radiografia abdominal, ultrassom abdominal e biópsia do baço. Em alguns casos, pode ser necessário realizar uma cirurgia exploratória para determinar as condições do baço (se o baço precisar ser removido, geralmente o procedimento será realizado durante essa cirurgia).

Tratamento

Se o baço de seu cachorro já está rompido, ele pode ser estabilizado com soro intravenoso, esteroides, oxigênio e transfusões sanguíneas. Uma vez que o cachorro está estável o suficiente para a anestesia, a esplenectomia é realizada. Depois que o baço é removido, o veterinário examinará o órgão para determinar a causa da doença. Se o baço foi removido devido a um tumor, quimioterapia pode ser necessária nos meses seguintes à cirurgia (isso somente é necessário se o tumor encontrado for maligno, ou seja, cancerígeno).

Considerações

Seu cachorro pode viver sem baço, mesmo este sendo um órgão importante. A maioria dos cães que se submetem à esplenectomia tem vidas normais após a operação. Se assegure de seguir à risca todas as instruções do veterinário para o pós-operatório. A maioria dos veterinários recomenda restrição de exercícios por uma ou duas semanas após a cirurgia.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...