Remoção da embreagem da motosserra Stihl

Escrito por eric blankenburg | Traduzido por weber figueiredo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Remoção da embreagem da motosserra Stihl
Motosserras Stihl usam uma embreagem centrífuga que força a embreagem para o exterior, através da qual envolve o dente de roda e a corrente (Chain saw against firewood pile image by Andrzej Thiel from Fotolia.com)

A embreagem em uma motosserra Stihl funciona através de um processo chamado de força centrífuga — quando atinge uma certa velocidade, a força externa expande as sapatas da embreagem, que envolvem o cilindro da roda dentada, girando sua cadeia. A remoção de embreagem em uma motosserra Stihl terá de ser feita caso sejam constatados rangidos ou se suas cadeias estiverem se desgastando mais rapidamente do que o habitual.

Outras pessoas estão lendo

Ferramentas

Remover a embreagem exige algumas ferramentas especiais: uma ferramenta de borracha para parada do pistão e uma peça circular, chamada ferramenta de remoção de embreagem, que se encaixa sobre a embreagem e permite girar o seu tambor sem causar danos. Enquanto há recomendações para bloquear o êmbolo com seu cordão de partida caso ele não esteja inserido quando o pistão estiver em movimento ascendente, empurre a corda na abertura de escape do silenciador. Se a corda ficar presa na porta do escape, o cilindro pode ser danificado, assim como o pistão e o próprio escape. Por esse motivo, será muito mais barato comprar a ferramenta para esta finalidade, da Stihl. Também serão necessários: uma chave inglesa, chave de roda, chave de fenda e lubrificante multiuso para motor.

Remoção da embreagem

Depois de bloquear o pistão, você poderá virar a embreagem sem girar também o virabrequim. Em serras Stihl, o tambor e a roda dentada ficam acima do conjunto da embreagem e, por isso, será necessário removê-los antes de remover a ela. A ferramenta de remoção da embreagem se encaixa precisamente em torno de seu anel externo, o que permite retirá-la com cuidado por impedir que a embreagem gire quando removida. Embreagens Stihl usam uma linha inversa na porca de parafuso e, por isso, para remover a embreagem, deve-se rodar a ferramenta para a direita de forma oposta à maioria dos parafusos. Não use martelos e nem a tente socar para remover a embreagem do virabrequim, o que poderá danificar ao motor e ao virabrequim.

Desmontando a embreagem

Com o conjunto de embreagem já solta do virabrequim, será possível separar suas molas e as sapatas de embreagem dos espaços em que ficavam presas. A Stihl fabrica um gancho de metal especial para as molas mas, com cuidado, é possível usar uma chave de fenda para calçá-las e removê-las dos ganchos em que ficam presas. Certifique-se de usar óculos de segurança, pois elas podem voar inesperadamente e causar ferimentos. As sapatas de embreagem poderão ser alavancadas para fora de seus espaços de fixação com a chave.

Instalação da embreagem

A instalação da embreagem deve ser feita sempre na ordem inversa, como a remoção e a desmontagem e as sapatas de embreagem precisam se encaixar em seus espaços de retenção, enquanto suas molas são colocadas no lugar. O conjunto da embreagem precisa ser ancorado ao virabrequim, utilizando a ferramenta de remoção de embreagem e apertando o parafuso no sentido anti-horário. O rolamento de agulha precisará de uma camada de lubrificante multiuso para motor, garantindo que o excesso de atrito não superaqueça as peças da embreagem. O tambor de embreagem, a roda dentada e arruela irão se fixar em cima do conjunto de embreagem. Lembre-se de remover a ferramenta de parada de pistão cuidadosamente antes de reiniciar o motor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível