Removendo milia

Escrito por kristina paglio | Traduzido por laila teixeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Removendo milia
Produtos de uso diário para pele e cabelo podem contribuir para a formação de milia (Moisturizing cream on red background image by Olaru Radian from Fotolia.com)

A Milia é um problema de pele comum, não-canceroso e que afeta pessoas de todas as idades. Tem a aparência de bolhas brancas, e é resultado da pele que não descama, normalmente por ter ficado presa em um folículo capilar ou glândula sudorípara. A Milia pode brotar de uma ferida ou de bolhas na pele. Também aparece em pessoas com a pele danificada pelo sol. O problema também pode surgir com o uso prolongado de esteroides tópicos. Pode aparecer em pessoas de todas as idades, raças e de ambos os sexos.

Outras pessoas estão lendo

Locais onde a milia costuma aparecer

A Milia geralmente aparece ao redor dos olhos em crianças e adultos. Também pode ser vista em volta do nariz de crianças. Como as glândulas sebáceas das crianças ainda não estão totalmente desenvolvidas, a Milia pode se formar nos poros obstruídos. Em crianças, a Milia tende a sarar sozinha. Já em adultos é de longa duração e pode exigir remoção dermatológica. Quando existe um problema de pele, ferida ou queimadura de sol, a Milia poderá ser encontrada em outras partes do corpo.

Tamanho

A Milia aparece na forma de saliências brancas ou amarelas que aparentam ser superficiais, mas na verdade estão bem abaixo da superfície da pele. A protuberância tem entre 1 e 2 mm de tamanho e pode ser confundida com acne. Podem ser encontradas várias bolhas próximas umas às outras, ou apenas uma.

Tratamentos

A Milia pode se curar sozinha quando as células da derme presas em poros encontrarem o caminho para fora da pele. Todavia, caso o problema não passe ou seja recorrente, você pode tomar algumas medidas simples para solucioná-lo. Produtos de uso diário para pele e cabelo podem estar contribuindo para a formação de Milia. Examinar loções, maquiagens, gel de cabelo e outros produtos que você usa, podem fazer a diferença no tratamento da Milia. Adicionar uma suave esfoliação à sua rotina de cuidados com a pele pode ajudar a renovar a pele e manter os poros limpos. Dermo-abrasão e peeling com frutas ácidas podem ser feitos em casa por preços baixos e ajudam bastante na remoção da Milia. Tratamento com um dermatologista pode incluir cremes com retinoides, remoção estéril ou peelings à base de ácido.

Tempo de tratamento

Você começará a notar uma grande diferença na aparência da sua pele em poucas semanas após o início das dermo-abrasões ou peelings faciais. Obedecendo às instruções do produto que você escolher usar, pode levar até trinta sessões até que aconteça uma mudança notável ou que a Milia desapareça. Você deve continuar os tratamentos de pele após se livrar do problema para certificar-se de que ele não reaparecerá.

Aviso

Pode ser problemático realizar dermo-abrasão ou peeling facial quando a Milia estiver localizada ao redor dos olhos ou na pálpebra. É altamente recomendado visitar um dermatologista para remoção estéril da Milia na área dos olhos. Se você tiver dúvidas acerca da gravidade de sua Milia, o melhor é consultar um médico sobre formas de tratamento e prevenção.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível