Removendo o verniz de um saxofone

Escrito por floyd drake iii | Traduzido por eduardo horst maidana
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Removendo o verniz de um saxofone
Reenvernizar um saxofone antigo pode trazer-lhe nova vida e brilho (Comstock/Comstock/Getty Images)

O saxofone é um instrumento tocado em bandas de fanfarra, jazz e rock 'n' roll. Patenteado por Adolphe Sax em 1846, o primeiro saxofone foi um saxofone baixo grande, feito e tocado pelo inventor em sua primeira demonstração pública, em 1844. Para proteger a superfície de metal, os saxofones são banhados em um espécie de laquê que funciona como um verniz para o acabamento. Remover o laquê antigo é um dos primeiros passos para reenvernizar um saxofone, e com um pouco de tempo, cuidado e esforço, isso pode ser feito em casa.

Outras pessoas estão lendo

Verniz de saxofone

Embora alguns saxofones sejam banhados em prata ou níquel para proteger o metal, o normal é a aplicação de um laquê protetor em spray e com alto brilho. Existem vários tipos de laquê, incluindo os de acabamento transparente, fosco ou colorido. Esse acabamento protege o metal contra a oxidação e pode durar até 20 anos, dependendo da quantidade de tempo e umidade às quais o saxofone for regularmente exposto.

Reenvernizando o saxofone

Há um debate entre músicos em saber se reenvernizar o saxofone altera seu som, e se saxofones antigos devem ser reenvernizados, removendo a pátina formada durante os anos de uso. O verniz de saxofone protege o bronze, e quando essa proteção se degrada e sai com o tempo, o instrumento fica vulnerável à corrosão, o que afeta o som. O laquê aplicado nos saxofones também altera o som, mas apenas de forma leve; tudo depende da quantidade de verniz aplicada. De acordo com o Sax Forte, instrumentos envernizados têm um som mais quente do que aqueles que são galvanizados.

Remoção do verniz

Existem vários produtos e métodos disponíveis para remover o verniz dos saxofones. O Baltimore Brass Works recomenda o uso de um removedor de tinta comum ou um tíner de laquê, enquanto o Refinishing.com adiciona produtos Brasso, acetona e lã de aço fino à lista. Todos esses produtos estão disponíveis em lojas de materiais de construção e ferramentas. Tenha cuidado ao decidir qual produto usar, porque a acetona, o tíner de laquê e os removedores de tinta são cáusticos, necessitando uma ventilação apropriada. Como os saxofones são bastante complexos, leva tempo remover o laquê, aumentando o tempo gasto trabalhando com produtos potencialmente perigosos.

Métodos de remoção do verniz

Todas as partes metálicas do saxofone são envernizadas, de tal forma que as válvulas e alavancas devem também ser tratadas. Essa é a parte demorada da tarefa. Considere usar métodos diferentes, como o Brasso, ou a lã de aço no corpo do saxofone, e acetona ou tíner na parte demorada, pois estes últimos trabalham mais depressa. Quando estiver removendo o verniz, não se preocupe com buracos e outros problemas na lataria, porque isso pode afetar o som do saxofone de forma adversa. Além disso, quando remover o verniz das válvulas, seja cuidadoso para não danificar as válvulas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível