Mais
×

Como remover a palmilha de uma chuteira de futebol

Atualizado em 20 julho, 2017

As chuteiras já vêm com palmilhas quando você as compra. Elas dão conforto aos sapatos, amortecendo seus pés da pressão causado pela corrida. Chuteiras também têm travas na parte de baixo que se agarram ao gramado no jogo. As palmilhas também protegem os pés do esforço extra de correr sobre as travas. Você pode removê-las das suas chuteiras, caso precise consertá-las ou substitui-las. Algumas palmilhas não estão ligadas aos tênis e podem ser removidas facilmente. No entanto, se elas estão coladas aos tênis, você vai precisar de uma faca afiada para removê-las.

Instruções

Chuteiras são projetadas para chutar a bola e correr sobre a grama (soccer shoe image by Daniel Gillies from Fotolia.com)
  1. Segure sua chuteira firmemente com uma mão. Ponha a outra mão dentro do seu sapato e coloque os dedos por baixo da palmilha. Segure-a firmemente com o polegar e os dedos. Puxe-a para fora do sapato.

  2. Corte a palmilha com a faca se ela estiver colada à sua chuteira. Coloque seu sapato sobre uma superfície plana e segure-o firmemente com uma mão. Cuidadosamente, passe a faca ao redor da borda da palmilha para quebrar a cola. Retire uma área suficiente dela para poder colocar os dedos por baixo. Com os dedos sob a palmilha, agarre-a com o polegar e puxe devagar, mas com firmeza. A palmilha irá se descolar do sapato quando a cola quebrar. Quando ela estiver totalmente separada do sapato, puxe-a para fora.

  3. Repita ambos os passos para remover a palmilha da sua outra palmilha.

Dicas

  • Se a sua palmilha é muito grossa, substitua-a por um fina ao invés de usar nenhuma. Seus pés ficarão propensos a lesões se você não usar uma palmilha.
  • Você pode usar duas palmilhas em uma chuteira, se necessário.

Aviso

  • Tenha cuidado ao usar a faca. Sempre empurre a lâmina para longe do seu corpo para garantir a sua segurança.

O que você precisa

  • Faca afiada
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article