Mais
×

Como reparar automaticamente as "tags" dos seus arquivos MP3

É possível reparar as "tags" dos seus arquivos mp3, também conhecidas como "ID3 tags", usando seu gerenciador de músicas já instalado no computador. Somente será necessário atualizá-lo para sua última versão, os arquivos MP3 que deseja reparar e acesso à internet para que ele possa procurar por informações relacionadas aos seus arquivos. Não é necessário instalar nenhum programa novo, mas é possível encontrar um editor independente a partir do download gratuito no site "softpointer.com/AudioShell.htm".

Instruções

MP3 (Jochen Sand/Photodisc/Getty Images)
  1. Abra o gerenciador de músicas de sua escolha. Neste exemplo, usaremos o Windows Media Player, pois é o mais conhecido e suas funções para reparar as "tags" são similares a outros programas.

  2. Adicione arquivos à biblioteca. No Windows Media Player, vá em "Arquivo", "Gerenciador de bibliotecas", "Música" e adicione as pastas e os arquivos de sua escolha.

  3. Espere alguns minutos para que o gerenciador adicione os arquivos.

  4. Abra o gerenciador de biblioteca e marque todos os arquivos cujas "tags" você deseja reparar automaticamente.

  5. Dê permissão ao gerenciador de músicas para procurar em toda sua biblioteca e buscar na internet todas as informações relacionadas. Para fazer isto no Windows Media Player, vá em "Ferramentas", "Aplicar alterações das informações de mídia". Isso irá reparar as "tags" MP3 no seu disco rígido.

Dicas

  • Assim que seu gerenciador de música reparar automaticamente as "tags" dos arquivos, será possível alterar suas informações individualmente. No Windows Media Player, dê um clique direito no arquivo MP3 e selecione "Buscar informação do álbum". Selecione "Editar" e preencha a informação em seu campo respectivo. Isso irá reparar as "tags" no seu disco rígido.

O que você precisa

  • Gerenciador de músicas, como o Windows Media Player
  • Arquivos MP3 com as "tags" que você gostaria de reparar
  • Acesso à internet
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article